BT

Apache Tuscany Java SCA 2.0 M1 Liberado

por Dilip Krishnan , traduzido por André Faria Gomes em 24 Mar 2009 |

A equipe do Apache Tuscany anunciou o lançamento da versão 2.0 M1 do projeto Java Service Component Architecture (SCA). O SCA define um componente tecnologicamente Open Composite Service ArchitectureA equipe do Apache Tuscany anunciou o lançamento da versão 2.0 M1 do projeto Java Service Component Architecture (SCA). O SCA define um componente tecnologicamente neutro e um modelo de montagem para que desenvolvedores de aplicações de negócio possam manter o foco em suas soluções de negócio sem se preocupar com problemas de tecnologia. A última versão do SCA foi padronizado pela OASIS como parte da Open Composite Service Architecture (Open CSA).

Segundo a Apache News Online,

A nova versão do Apache Tuscany SCA 2.0-M1 é o primeiro milestone à atingir  compatibilidade com o padrão Open CSA e prover execução com base em OSGi.
O Apache Tuscany entrega a promessa do SCA oferecendo uma infra-estrutura compreensivel e extensivel para gerenciar a construção e a composição de serviços, a comunicação entre serviços, e a qualidade do serviço (Quos) que desenvolvedores de aplicações podem tirar vantagem out-of-box.

O Tuscany suporta uma série de opções de hospedagem e é compatível com OSGI. A tecnologia OSGi é um conjunto de especificações que definem um componente dinâmico de um sistema Java. Por ser difícil de encontrar uma explicação sobre OSGI e seu relacionamento com SCA, a InfoQ conversou com o Luciano Resende e com Raymond Feng para aprender mais sobre a nova versão.

Luciano comentou sobre o porquê Tuscany escolhe mudar seu runtime para ser baseado em OSGi,

[With]Tuscany, implementação, binding e extensões de databinding [...] são trazidos em diferentes níveis de dependências. A modularidade e a extensibilidade tem sido um requisito crítico e uma característica do Tuscany desde o primeiro dia. […] Com OSGi, o Tuscany pode impor clean boundaires através de SPIs entre os varios tempos de execução e subsistemas de extensão, assim como pode permitir a coexistencia desses modulos no mesmo tempo de execução; isso também permite uma melhor modularidade, onde desenvolvedores podem começar a compor soluções escolhendo ou selecionando peças do Tuscany.

Raymond explicou como o Tuscany se entrega com OSGi/SCA e como as duas especificações se relacionam entre si

  • O OSGi é uma infraestrutura do Tuscany runtime, o Tuscany alvanca o OSGi para impor modularidade e extensibilidade […] com muitas tecnologias diferentes para implementação de componentes e comunicação. […]
  • OSGi é modelo de programação para se trabalhar com SCA. […]
De uma visão central do OSGi, o SCA pode ser usado para descrever os serviços remotos do OSGI e a Qualidade dos Serviços (QoS) e o SCA runtime assim como o  Tuscany o software de distribuição para o RFC 119.
De uma visão central SCA, o Tuscany oferece implementações OSGi para reutilizar bundles OSGi como componentes SCA de alta granularidade em um aplicativo SCA composto então podem ser montados com outros serviços além do OSGi.

Dada a “tecnologia adaptativa  e a natureza e extensível do SCA cria uma grande necessidade de estimular um ecosistema em torno do projetoopen source Tuscany”, a equipe está procurando desenvolver um ecosistema ao redor das áreas chave.

  • Usuários: Constroem componentes compostos como ativos reutilizaveis de software.
  • Desenvolvedores de Extensões: Enriquessem as funcionalidades SCA com suporte a mais protocolos, mais implementações de linguagens, mais formatos de dados, mais politicas de QoS
  • Embutidores: Embutir o Tuscany em outras ofertas, expandido-o para diferentes plataformas, e integrando com [diferentes] servidores de aplicação.

Detalhes do produto e suas funcionalidades estão disponíveis em Apache News Online.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT