BT

Jetty no Eclipse

por Alex Blewitt , traduzido por Roberto Costa em 22 Abr 2009 |

Em janeiro de 2009, a Webtide anunciu que o Jetty iria se juntar ao Eclipse. O projeto Jetty foi criado, e essa semana o código inicial do Jetty 7(com um org.eclipse.jetty.prefix refatorado) foi hospedado no SVN do Jetty no Eclipse.).

Greg Wilkins da Webtide fez uma atualização na EclipseCon 2009 que a lógica por trás da mudança para a fundação Eclipse, o que tem haver com o Jetty (e o que não tem haver). Primeiramente, o código está sendo contribuído sob uma licença dupla; ambas EPL(por rezões do Eclipse) e AL(por continuidade da prévia licença Apache). Segundo, enquanto as bibliotecas do núcleo (cliente, servidor, JMX etc.) estão sendo contribuídas pelo Eclipse, algumas códigos de extensão continuam permanecendo no CodeHaus(exemplos, códigos que dependem de bibliotecas de terceiros etc). Outros pacotes do Jetty continuarão a ser disponibilizados onde estão agora, porém, além disso o processo de construção disponibilizará núcleo para Eclipse e potencialmente em uma versão futura(o que é provavelmente muito tarde para a versão de verão do Eclipse).

Greg também enfatizou que a mudança para o Eclipse não significaria dependência com o OSGi, e que o Jetty continuará a ser embarcado a aplicações Java(não-OSGi) assim como é atualmente. Entretanto, a mudança para o Eclipse resultou nos JARs sendo compatíveis ao OSGi com informação manifest, significando que eles poderão rodar em ambos os ambientes. Ele também citou que a mudança forçada destacando algumas dependências estranhas (como a da API cliente depender da API servidor) – uma vantagem do OSGi é que ele mostra essa dependência acidental mais óbvia e melhorará o uso semelhante tanto com o OSGi e não-OSGi.

O plano sugere que o Jetty 7, o qual terá como característica principal a compatibilidade com o Jetty 6 mas sob uma estrutura organizacional nova, esteja disponível a partir do segundo trimestre de 2009. Atrasos na API Servlet 3.0 tem retardado sua inclusão no Jetty e assim, o Jetty 8 suportará a versão 3.0 em 2010.

Jetty também suporta servlets e requisições web assíncronas, capacidade que foi demonstrada pelo Greg rodando 2000 clientes concorrentes e 2000 servidores concorrentes numa taxa de 2000/s em um laptop antigo, com uma latência média de 40ms. Isso deveria ser familiar para o tipo de chamadas CALLBACK do AJAX, mas pode evitar bloqueio de thread, e assim, aumentar o throughput das aplicações.

O envolvimento do Jetty com o Eclipse também promete ajudar na direção para o suporte a HTTP dentro do Equinox e OSGi a trazer mais avanços para a especificação OSGi HTTP.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT