BT

Performance Medida por Centavos

por Jonathan Allen , traduzido por Carlos Tadeu Panato Jr. em 21 Nov 2009 |

Cloud computing é um divisor de águas para os desenvolvedores. Porque exige um novo modelo de arquitetura, que é impulsionado tanto por modismos por exigências de hardware atual. Também não é a capacidade aparentemente infinita com escalabilidade quase perfeita que a cloud promete. O que muda o jogo é como um desempenho insatisfatório do código agora tem um preço real em dinheiro.

Desde os computadores pessoais serem trocados em certos tempos, a perfomance era um componente em segundo plano. De um modo geral, tanto o desempenho do aplicativo é bom o suficiente para o hardware que está sendo executado ou não é. Você não ganha nada, diminuindo seu pico de utilização da CPU de 90% para 81%, esperando talvez um pequeno desconto na sua fatura de conta luz.

Com a plataforma de cloud, diminuindo a sua utilização de CPU em 10% traduz diretamente em uma redução de 10% o faturamento mensal do seu fornecedor de cloud. Por exemplo, o Windows Azure custa 12 centavos por hora de máquina do tempo computacional. Usando esse conhecimento e um bom profiler, você poderia dizer, literalmente, que um determinado bloco de código vai custar à empresa X dólares por mês.

Uma vez conhecido o custo de uma performance insatisfatória de código, as empresas podem então tomar decisões economicamente sólidas sobre se deve ou não gastar tempo e dinheiro para consertá-lo. Simplesmente, comparando o custo mensal do código com o salário de um desenvolvedor para melhorar o código, gerentes de engenharia podem dizer com certeza de quanto tempo pode ser gasto para ter o retorno do dinheiro de volta.

A equação performance = dinheiro irá trazer para o foco novas linguagens tipadas dinamicamente. Se realmente chegou o momento em que linguagens com tipagem dinâmica são "suficientemente rápidas", então isso será refletido no preço do aluguel de servidores de cloud. Se, por outro lado, os custos de produção começam a disparar, haverá prova irrefutável de que uma linguagem de tipagem estática está em ordem. Mas é claro que isso terá de ser decidida caso a caso e projeto a projeto.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT