BT

Chrome 4 agora suporta a Web SQL Database API do HTML 5

por Abel Avram , traduzido por Adriano Almeida em 19 Fev 2010 |

A Google anunciou suporte à Web SQL Database API do HTML 5, enquanto outros navegadores em breve também deverão suportá-la ou já começam a ter suporte. Enquanto isso, a finalização da especificação está paralisada, pois os implementadores escolheram o SQLite como banco de dados padrão, e várias implementações independentes são necessárias para a padronização. Como parte do HTML 5, a W3C está trabalhando no desenvolvimento da especificação Web SQL Database API, que cobre o acesso e armazenamento de dados através de SQL. O dialeto SQL que a especificação descreve é a do SQLite 3.6.19. Essa API permite que páginas web interajam com bancos de dados embutidos no cliente, o que se torna útil para aplicações que precisam armazenar dados localmente ou que precise de informações para navegação off-line.

A Google anunciou suporte àespecificação na última versão do seu navegador, Chrome 4, baseado no SQLite. Isso é um movimento em direção à padronização uma vez que o Google já possui uma API para lidar com banco de dados, também baseada no SQLite, no Gears. Através da API do Gears, o armazenamento de dados estruturados foi possível em diversos navegadores como IE, Safari e Firefox; no entanto a Google parou de desenvolver o Gears.

O Firefox 3 já possui um SQLite embutido que é usado em grande parte para armazenar histórico e bookmarks, mas que provavelmente será usado para dar suporte a Web SQL Database API. E o trabalho está em andamento também no WebKit, a engine de renderização usada pelo Safari, para tornar a Web Database API disponível. No entanto, não se sabe nada a respeito dos planos da Microsoft para o IE e a Web Database API.

Enquanto algumas empresas implementaram a Web Database API e outras estão implementando, a especificação está bloqueada em seu draft, pois todos os envolvidos escolheram usar o SQLite:

Essa especificação chegou em um impasse: todos os implementadores interessados tem usado o mesmo backend (SQLite), mas nós precisamos de múltiplas implementações independentes para seguirmos o caminho da padronização. Até que outro implementador da especificação esteja interessado em implementá-la a descrição do dialeto SQL para ser utilizado foi simplesmente deixado como SQLite, o que é inaceitável para um padrão. Caso você seja um implementador interessado em implementar com um backend SQL independente, por favor contate o editor para que ele possa escrever uma especificação para o dialeto, dessa forma, permitindo que a especificação continue avançando.

Dado o impasse, resta saber se o padrão seguirá a implementação ou se será o inverso. No momento, parece que a Google tem levado a um aumento no ritmo de desenvolvimento de navegador e nenhum dos outros desenvolvedores de navegadores estão esperando a finalização da especificação para antes de implementarem o seu próprio suporte à Web SQL Database API.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

...não se sabe nada a respeito dos planos da Microsoft para o IE... by Lennon Jesus

E adiantaria saber???

Desde quando a Microsoft respeita integralmente os padrões em seus produtos?
Mesmo quando participa da própria especificação.

Re: ...não se sabe nada a respeito dos planos da Microsoft para o IE... by victor cavalcante

Isso está mudando, é só verificar as últimas versões de seus produtos, hoje a renderização do IE8 é muito boa, claro que sempre lembramos do passado, mas acredito que a Microsoft viu o que fez de errado e não cometerá o mesmo erro novamente.

Re: ...não se sabe nada a respeito dos planos da Microsoft para o IE... by Rodrigo Silva

Não sei porque, mas acho que a primeira que vai implementar um banco de dados diferente do SQLite é a Microsoft. Com certeza veremos uma versão "lite" do SQL Server dentro do IE.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

3 Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT