BT

Mono 2.12: o que vem por aí

por Jonathan Allen , traduzido por Leonardo Galvão em 18 Out 2011 |

Antecipando o lançamento do release beta público do Mono 2.12, Miguel de Icaza apresentou o plano de funcionalidades do release, incluindo muitas das APIs do .NET 4.5 e o suporte a Async do C# 5. Haverá também um coletor de lixo melhorado, o suporte à tabela completa de caracteres substitutos do Unicode e um novo backend para o compilador do C#.

Assim como em versões anteriores, o código experimental inicia na versão 2.11 e entra no release 2.12 quando a equipe do Mono o considerar estável.

C#

O compilador de C# do Mono agora traz uma implementação completa de Async e Await. No passado, o Mono tinha vários compiladores de C#, voltados a perfis diferentes. Com a transição do IKVM.Reflection para o backend, o Mono agora pode oferecer um único compilador para CLR2, CLR4, Silverlight, MonoTouch e Mono para Android.

As palavras-chave do C#__makeref, __reftype e __refvalue,  além da estrutura TypedReference, são agora suportadas. O shell interativo e os recursos de "compilador como serviço" continuam sendo melhorados, e a função Evaluator.Eval agora pode lidar com classes inteiras e structs. Antes somente sentenças (statements) e expressões eram permitidas.

Análise de código

A implementação da Microsoft dos Contratos de Código ainda está em definição, mas a ideia está se concretizando: foi anunciado um analisador de contratos de código por Alexander Chebaturkin.

.NET 4.5

O perfil 4.5 do .NET, que fica desabilitado por padrão, inclui as bibliotecas do TPL Dataflow, que deve oferecer vantagens de desempenho significativas para os desenvolvedores do lado servidor, que se disponham a seguir patterns de envio de mensagens.

A equipe do Mono também pretende implementar as funcionalidades do WinRT que sejam aplicáveis ao desenvolvimento cross-platform, incluindo threads, criptografia e APIs de rede. Miguel de Icaza destacou que a equipe não pretende suportar as bibliotecas de interface gráfica do WinRT, por preferirem interfaces gráficas específicas à plataforma.

Coleta de lixo

Continua o trabalho no coletor de lixo SGen. Anteriormente, só era realizada em paralelo a marcação dos objetos; a coleta do berçario (nursery) era feita em um thread único. Na nova versão do Mono, no entanto, o coletor permitirá a coleta paralela. Miguel de Icaza também mencionou o suporte nativo a MacOS e iOS pelo coletor de lixo, mas ainda não forneceu detalhes.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT