BT

Windows Server 8 marca a transição para um futuro sem GUI

por Jeff Martin , traduzido por Giovanni Abner em 05 Out 2011 |

A Microsoft avisou a desenvolvedores e administradores que trabalham com Windows Server que no futuro a plataforma não suportará mais aplicações com interface gráfica de usuário. A opção de instalação Server Core, introduzida originalmente no Windows Server 2008, vai se tornar a forma de instalação recomendada no Windows Server 8. Ela oferece mais segurança e desempenho do que a opção tradicional (com interface totalmente gráfica).

Jeffrey Snover, arquiteto líder do Windows Server, e Andrew Mason apresentaram a palestra "Aplicações para o Windows Server 8 devem executar sem interface gráfica" na conferência Build 2011. Este novo foco em um futuro sem GUI para o Windows Server tem em vista vários objetivos, incluindo melhor segurança, menores requisitos de espaço em disco e mais facilidade de administração remota.

Antes do Windows Server 2008, a única opção de instalação disponível era a interface gráfica. O Windows Server 2008 introduziu o Server Core, que poderia ser escolhido pelo administrador (em vez da opção visual) durante a instalação inicial. Infelizmente, isso significava que, se o papel de um servidor mudasse no futuro, uma nova instalação seria necessária. Com o Server 8 isso muda, já que os administradores poderão a qualquer momento alternar entre a instalação gráfica e a baseada no Server Core.

Apesar da mudança, a Microsoft aceita a utilização de sistemas de gerenciamento gráficos, mas pretende que sejam executados em uma máquina cliente, separada do servidor. Esta separação permite que os administradores se beneficiem das interfaces gráficas sem trazer maiores riscos de segurança para o servidor. Comparando o desempenho de uma instalação Server Core com o de uma instalação totalmente gráfica do Windows Server 2008, a Microsoft descobriu que a necessidade de correções críticas era reduzida em 50%-70%. Ela está tão convencida de que a segurança melhora quando o Internet Explorer é removido que também excluiu o Controle de Conta de Usuário da instalação Server Core.

Um estudo recente da empresa dinamarquesa CSIS investigou as vulnerabilidades introduzidas por aplicações desktop típicas, demostrando indiretamente que evitar executá-las em um servidor melhoraria a segurança. As aplicações gráficas Adobe Reader e Adobe Flash, por exemplo, foram responsáveis por 48% das vulnerabilidades mais frequentemente exploradas pelos desenvolvedores de software malicioso.

Além dos benefícios de segurança, a opção de instalação Server Core simplifica a automação de múltiplas máquinas, diminui o esforço de instalação e melhora o desempenho. Para ajudar os administradores nessa mudança de filosofia, o PowerShell foi expandido, passando a incluir mais de 2300 cmdlets no Windows Server 8.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT