BT

Facilitando um ponto de inflexão: lições do evento da Stoos Network

por Shane Hastie , traduzido por Heitor Roriz em 12 Jan 2012 |

Em um evento realizado dias 6 e 7 de janeiro de 2012 em Stoos, na Suíça, foram discutidas e propostas soluções para os problemas enfrentados atualmente pelas diferentes disciplinas de gerenciamento (de projetos e funcional).

O evento Stoos Network trouxe 21 profissionais com uma grande variedade de experiências, incluindo executivos seniores, estrategistas de negócio, gerentes, acadêmicos e praticantes de Lean/Agile dos quatro continentes, para discutir o estado atual da liderança em organizações e questões de economia em geral.

O evento foi organizado por Steve Denning, Jurgen Appelo, Franz Röösli e Peter Stevens e se baseou em princípios ágeis de gestão e desenvolvimento e nos livros Radical Management de Denning, Management 3.0 de Appelo e The Leaders Dilema de Röösli.

O convite dos organizadores explicou o propósito do evento:

Dez anos atrás, um grupo de 17 líderes e formadores de opinião se encontraram em Utah (EUA), com uma ideia simples: "Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software, fazendo-o nós mesmos e ajudando outras pessoas a fazerem o mesmo." Essa coleção de ideas simples tornou-se conhecida como o "Manifesto Ágil" e mudou para sempre o desenvolvimento de software e o relacionamento entre negócios e TI.

Essa pesquisa também revelou a necessidade de formas melhores de gerenciar organizações e desenvolver o potencial humano. Em geral, estamos tentando obter um grupo diverso de pessoas de muitos países, que tenham influência substancial nos seus contextos e que entendam a agilidade e seu relacionamento com os negócios. Alguns são pesquisadores e autores de livros considerados na vanguarda dos seus campos. Alguns são praticantes pioneiros, por exemplo altos executivos, coaches e treinadores Doze países estão representados na lista de convidados até o momento. Em geral, será um grupo com o qual todos nós estaremos orgulhosos em colaborar.

A slogan do evento foi "Tem que haver uma forma melhor" e os participantes trabalharam juntos para tentar encontrar aspectos dessa forma melhor. Eles relacionaram uma variedade de tópicos que foram discutidos e precisam ser examinados mais a fundo:

  • Quem é nossa audiência-alvo?
  • Padrões de bom gerenciamento
  • Qual é o problema?
  • Expectativas em relação ao evento
  • História do gerenciamento moderno (Taylor, Ford etc.)
  • Poder, Empoderamento, Liderança
  • Axiomas ou ideias fundamentais
  • Qual é a oportunidade a alavancada?
  • Dinâmica em Espiral
  • Liderança Elástica
  • Estabelecimento de um tipo de evento viral
  • Nome e identidade
  • Quem são os nossos potenciais aliados? Com quem devemos nos associar?
  • Próximos passos
  • Comunicado

Eles expressam no website que:

Acreditamos ter descoberto algumas características gerais dessa "forma melhor de trabalhar". Por exemplo, vimos que organizações podem se tornar redes de aprendizado de indivíduos, criando valor, e que entre as atividades dos líderes deve estar a administração das pessoas ao invés da gestão da máquina.

Após o evento, os participantes geraram um Comunicado explicando suas motivações e intenções.

O evento certamente gerou interesse, com mais de 250 pessoas tendo se juntado ao grupo no LinkedIn em poucos dias após o evento; as referências no Twitter também foram muitas. Os participantes convidam outros a se unirem ao grupo:

O mais importante é que estamos comprometidos a continuar nosso trabalho, tanto pessoalmente como online. Um problema dessa magnitude requer muitos corações e mentes. Adoraríamos ouvir a sua voz e a sua experiência.


O InfoQ continuará acompanhando o que acontece com essa iniciativa e reportará novidades e resultados aqui.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT