BT

Designer que programa: seria um diferencial?

por Paulo Rebelo em 17 Fev 2012 |

Em artigo recente publicado no site Inc., Garry Tan defende que um profissional que agrega as habilidades de designer e programador é potencialmente melhor em desenvolver experiências de usuário realmente significativas.

Para apoiar sua tese, Garry descreve uma história envolvendo Steve Jobs e um engenheiro de sistemas na construção do aplicativo de calculadora do MAC OS: Tendo refeito várias vezes o design da calculadora e não tendo agradado Steve Jobs, o engenheiro construiu então uma aplicação na qual o próprio Jobs poderia customizar a calculadora do seu jeito. O resultado, segundo Garry, foi brilhante e esta calculadora perdurou no MAC OS por 15 anos.

Garry, então, sugere:

E se a visão de design de Steve Jobs pudesse estar no mesmo cérebro de seu engenheiro, que já possui a excelência em engenharia de sistemas?

Este é o tipo de pessoa que pode construir exatamente aquilo que as pessoas precisam, com uma estética que complementa o seu uso e sem vai-e-vem [entre profissionais].

Garry reforça ainda que esta dinâmica de atuação, com profissionais que conhecem tanto design quanto programação, tem se mostrado poderosa na criação de novos produtos em startups, e até mesmo no Facebook.

Kevin Redman, que é diretor de criação há muito tempo, comenta no artigo que não concorda, entretanto, com esta teoria:

Nunca tive um designer/programador que fosse realmente um bom designer. Prefiro ter um programador excepcional trabalhando de forma colaborativa com um ótimo designer.

Garry Tan responde alguns comentários dizendo que nem todas as empresas precisam de um designer que programa, mas que faz toda a diferença para empresas como o Facebook. Outros comentários do post defendem que ter estas habilidades em profissionais diferentes, em contra partida, traz ainda mais valor.

E você? Acredita que a união de design e programação, em uma mesma pessoa, contribui de forma excepcional para a construção de um novo produto?

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Concordo... by Márcio Rosa

No inicio da minha carreira tive que aprender sobre designer e até cheguei a trabalhar como web designer hoje sou Desenvolvedor Java para web e tudo aquilo que eu aprendi sobre designer me ajuda e muito, conhecendo os dois mundos fica muito fácil trabalhar sendo um designer que conhece programação ou um programador que conhece designer que é meu caso!

Funciona! by Jonas Rompkovski

Eu já tive uma experiência com isso de uma designer que entendia muito de Photoshop e criação e que iniciou o trabalho com web cortando templates e formatando páginas HTML com CSS. Ela realmente é muito boa nisso e com meu apoio, começou a aprender programação. Hoje ela é uma excelente programadora e se utiliza dos seus conhecimentos de design para criar aplicações ricas e realmente usáveis.

Concordo em partes... by Mario Rizzi

Todo programador que pretende trabalhar com sistemas "WEB", por mais que se utilize dos recursos de template para a divisão das responsabilidades entre o desenvolvedor e designer, esses devem ter um conhecimento mínimo de HTML, CSS e tratamento básico de imagens(cortar, redimensionar etc...). Contudo se a situação seja criar um nova identidade ou layout para um sistema, prefiro deixar isso par um especialista no assunto,ou seja, um designer que procura sempre estar atualizado na sua área.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

3 Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT