BT

Disseminando conhecimento e inovação em desenvolvimento de software corporativo.

Contribuir

Tópicos

Escolha a região

Início Artigos Trabalho remoto: Boas práticas e recursos úteis

Trabalho remoto: Boas práticas e recursos úteis

Favoritos

Pontos Principais

  • O trabalho remoto não é um fenômeno novo. No entanto, a forma como diversas pessoas foram forçadas a trabalhar remotamente é a causa de estresse e incerteza;

  • O que está acontecendo não é um trabalho remoto "normal", provavelmente envolve compartilhar o espaço de trabalho com um cônjuge, parceiro, pais ou colega de apartamento e, provavelmente, com os filhos que também estão tentando descobrir como funciona as aulas no modelo EAD;

  • Um dos melhores conselhos que tem sido repetido em todo o mundo à medida que as sociedades respondem à necessidade de isolar as pessoas é "seja gentil";

  • Há uma ampla gama de recursos que podem ajudar a tornar a transição para o trabalho remoto mais eficaz.

Esta é uma página em evolução e será atualizada com novas informações regularmente. O conteúdo foi atualizado pela última vez no dia 23 de julho de 2020.

2020 ficará para a história como sendo o ano do trabalho remoto, que se tornou a maneira como fazemos as coisas do dia para a noite. A pandemia do COVID-19 acelerou a tendência que o InfoQ tem seguido nos últimos anos. Hoje, os trabalhadores do conhecimento não estão limitados pelas restrições físicas do escritório, a criatividade e a produtividade não estão vinculadas a estar em um único lugar por um período fixo de horas.

Por causa da pandemia, milhões de pessoas foram forçadas a ter de trabalhar remotamente e, muitas vezes sem as ferramentas e o suporte correto para serem eficientes, pelo menos no começo.

Embora o trabalho remoto possa parecer simples, existem problemas comuns que aparecem conforme alteramos nosso jeito de trabalhar para este modelo que podem não ser aparentes, mesmo que já tenhamos feito trabalhos remotos regulares como parte do nosso dia a dia no atual trabalho. Para as pessoas que mudam para este modelo repentinamente, o impacto será significativo. Este não é um trabalho remoto "comum", no qual as pessoas têm tempo para planejar como irão organizar o espaço de trabalho, encontrar equipamentos e móveis adequados que sejam compatíveis com o atual trabalho e estilo de vida, além de fazer uma transição ponderada para trabalhar remotamente. Esta é uma resposta à mudança da maneira mais imediata, provavelmente envolvendo o compartilhamento do espaço de trabalho com um cônjuge, parceiro, pais ou colega de apartamento e muito provavelmente, com os filhos que estão tentando descobrir como funciona as aulas em EAD.

Um dos conselhos mais importantes que tem sido repetido no mundo enquanto as sociedades respondem à necessidade de isolar as pessoas é: Seja gentil!. Seja gentil consigo mesmo, com os colegas de trabalho, com a equipe, com o gestor, com as pessoas que compartilha o espaço de trabalho em casa. Gentileza, empatia e cuidado verdadeiros com o bem estar de cada pessoa nos ajudarão a passar por esse período, e também veremos o que é esse "novo normal" de verdade.

Esses recursos te ajudarão a navegar nas dificuldades do trabalho remoto para que possa trabalhar tão eficientemente quanto possível nos tempos atuais.

O InfoQ continuará a focar no trabalho remoto quando as coisas evoluírem neste espaço. Para receber notificações, siga o tópico "desenvolvedor remoto" do InfoQ.

Boas práticas para trabalhar remotamente e recursos da QCon London 2020 e de demais lugares

Siga o tópico "QCon Londres 2020" para receber notificações conforme publicamos os vídeos da conferência.

Como se tornar eficiente o trabalho remoto

Na QCon Londres 2020 no início deste mês, Charles Humble deu uma palestra bem recebida compartilhando as experiências de trabalho remoto no InfoQ e em demais lugares. Charles deu algumas sugestões práticas sobre como tornar o trabalho remoto mais eficaz, abordando questões como deep work, saúde mental e segurança psicológica.

Dimensionando equipes distribuídas ao redor do mundo

Ranganathan Balashanmugam, CTO da EverestEngineering, explicou como uma organização distribuída, que possui bases em duas cidades indianas e uma na Austrália, aplicou padrões de sistemas distribuídos para escalonar os processos das equipes distribuídas e melhorá-las ainda mais. Ele compartilhou exemplos do que deram certo e dos que deram errado, o que aprenderam ao construir uma rede de equipes distribuídas eficazes em vários países e com vários fusos horários.

Mark Kilby, coach e mentor distribuído e cultivador da comunidade, discute disciplinas para liderar uma organização distribuída: Gerenciar a mudança por meio da experimentação, ampliar a comunicação e colaboração e, enfocar nos princípios das práticas.

Como ser uma equipe ágil distribuída de alto desempenho

Lisette Sutherland, autora do livro Work Together Anywhere, compartilha as novas ideias sobre o que significa estar "presente" no trabalho e como criar esse senso de camaradagem mesmo quando estamos em um ambiente virtual.

Lidando com conversas remotas "difíceis" como um profissional

A Consultora de colaboração remota, Judy Rees, aconselhou os líderes sobre como ter conversas difíceis com indivíduos e grupos em um ambiente remoto. Ela compartilhou as dicas que funcionaram para os pioneiros que trabalham de forma distribuída e maneiras de como podemos aplicá-las.

Configurando um escritório virtual para equipes remotas

Angela Yurchenko, da MightyCall, forneceu conselhos práticos sobre o que é necessário quando o assunto é perspectivas de ferramentas e tecnologias, bem como as mudanças culturais importantes que muitos gerentes precisam para possibilitar o apoio ao trabalho remoto eficaz. Yurchenko explicou como é importante fornecer a mesma pilha de tecnologia, ferramentas de gerenciamento de projeto, segurança cibernética e software de comunicação para todos os funcionários, independentemente do local de trabalho.

Ideias para retrospectivas remotas que criam engajamento

As retrospectivas são uma ferramenta importantes para as equipes melhorarem as formas de trabalho e aumentarem a colaboração. Um encontro remoto em março de 2020 explorou uma grande variedade de maneiras de como executar as retrospectivas remotas usando diferentes ferramentas.

Um canvas para trabalho remoto em equipe

O segredo do sucesso de uma reunião eficiente, presencial ou remota, é a preparação do evento. Com as reuniões remotas, o design pensado do evento tem um impacto direto na experiência dos participantes. O pessoal da Double O Consulting preparou um canvas para a equipe remota e outro para a reunião remota para ajudar a planejar e posicionar o que é necessário quando se trata de colaboração virtual e eficaz.

O canvas da equipe remota é projetado para ajudá-los a descobrir o que precisa ter no lugar para trabalhar em conjunto de maneira eficaz e manter o fluxo do trabalho nos locais remotos. Foi projetado para ir além da capacidade técnica para focar na comunicação, normas da equipe, expectativas, reuniões e bem-estar.

Ambos os canvas podem ser baixados no site da Double O.

O desenvolvedor remoto eficaz

Na QCon San Francisco 2017, David Copeland, que era diretor de engenharia da Stitch Fix, fez uma apresentação maravilhosa sobre como ser um desenvolvedor remoto eficaz. Copeland discute o que podemos fazer para darmos o melhor de nós como um membro remoto da equipe, bem como o que as pessoas precisam no ambiente de trabalho, na equipe e na empresa. Não se trata de material técnico, mas do material humano. Como alguém pode estar presente e eficaz quando não está fisicamente presente.

Relatório de trabalho remoto do GitLab 2020

O GitLab acaba de lançar o Relatório de trabalho remoto 2020. O InfoQ conversou com o chefe do GitLab remoto, Darren Murph, para saber mais sobre as descobertas. Com base em mais de 3.000 entrevistados em vários setores e funções, o relatório dá uma ideia de como será o trabalho remoto no futuro.

Relatório do estado de trabalho remoto da Buffer / AngelList 2020

A Buffer e AngelList publicaram recentemente o relatório 2020 do estado de trabalho remoto, que concluiu que o trabalho floresce e permite a continuidade dos negócios. Mesmo antes do COVID-19 obrigar tantas pessoas do nada a se tornarem trabalhadores remotos, o relatório concluiu que a questão não é mais "o trabalho remoto veio para ficar?". Parece que o trabalho remoto pode até ser o novo normal.

O relatório explorou os desafios que as pessoas encontraram com o trabalho remoto, revelando que 58% das experiências negativas foram devidas a dificuldades na colaboração, devido a isolamento e "impossibilidade de se desligar". Todos os desafios estão sendo exacerbados na situação atual, onde as pessoas foram forçadas a se tornar remotas em pouco tempo.

O trabalho remoto veio para ficar

Está claro que o trabalho remoto é uma tendência que veio para ficar. Empresas grandes e pequenas identificaram os benefícios e superaram alguns dos desafios e descobriram que isso é uma coisa boa. À medida que os funcionários da indústria de tecnologia se acostumam a trabalhar em casa, grandes empresas de tecnologia estão tomando decisões de longo prazo sobre permitir e incentivar os colaboradores a trabalhar remotamente. Facebook, Twitter, Shopify e outros estão fazendo planos para manter a maior parte ou toda a força de trabalho remota permanentemente.

Mantendo a saúde física e mental enquanto trabalhava remotamente

A saúde mental e o bem-estar estão em destaque, com centenas de milhares de pessoas mudando para um novo ambiente de trabalho em meio ao caos causado pela pandemia do COVID-19, ansiedade, medo, tristeza, raiva e frustração são reações comuns. O InfoQ deu alguns recursos e conselhos para ajudar a manter a saúde mental quando estamos sob estresse. Precisamos ser gentis conosco e aceitar que as emoções irão acontecer, sem minimizá-las ou negá-las. Existem algumas coisas que podemos fazer para ajudar a superar o estresse, responder com empatia é uma maneira de lidar positivamente com o estresse sob o qual todos nos encontramos.

Pesquisas mostram que a saúde mental ainda não é abordada como deveria na maioria dos locais de trabalho, principalmente porque ainda possui estigmas na sociedade, apesar de impactar pelo menos uma em cada cinco pessoas em algum momento, e a importância da formação de gestores para apoiar a saúde mental das equipes. A Organização Mundial da Saúde declarou que manter a saúde física e mental é fundamental para a resiliência durante a pandemia de COVID-19 e fornece conselhos sobre como cuidar de si e das pessoas ao nosso redor. A Time Magazine fornece algumas dicas diretas sobre como se manter física e mentalmente saudável enquanto estiver preso em casa.

Quando as equipes estão co-localizadas, é fácil notar mudanças de comportamento que podem ser um indicador de que algo está errado com um colega ou com o grupo na qual trabalhamos. Ao trabalhar remotamente, isso não fica claro. A doutora Michelle O'Sullivan, psicóloga clínica, escreveu uma série de três artigos sobre "cuidados técnicos" que devemos ter conosco, com nossa equipe e com a comunidade.

Estar ciente dos tipos de transtornos de ansiedade aos quais podemos estar sujeitos é um conhecimento útil. O pessoal da AMFM (A Mission for Michael) compartilhou uma lista bastante compreensível e alguns conselhos úteis sobre como lidar com a ansiedade.

Mais recursos da web

Judy Rees lançou recentemente o guia para download da Web Events that Connect, no qual descreve um guia prático para promover engajamento, diálogo multilateral e ação pós-evento. O guia pode ser baixado aqui (para baixar é necessário fazer um cadastro).

Lisette Sutherland, da Collaboration Superpowers, tem uma lista abrangente de ferramentas para equipes remotas, bem como um boletim informativo semanal que fornece conselhos sobre uma ampla variedade de tópicos relacionados ao trabalho remoto e eficaz.

Brenda Leeuwenberg, do Nomad8, afirma que as "novas formas de trabalhar" não são normais. Ela aponta que:

Muitas pessoas não conseguiram entender que trabalhar em casa e estar online não significa apenas transferir um ritmo das 9h às 17h para outro lugar.

O que quero enfatizar é a necessidade de acalmar as pessoas. Estamos no meio de uma pandemia global. A vida não é normal. Esta não é a nova maneira normal de se trabalhar. Dê um pouco de folga para si mesmo. E não passe o dia inteiro online tentando ser o que faria se estivesse no serviço.

Chris Weston e Dominic Mason estão organizando um simples Kit de sobrevivência de trabalho remoto em um documento do Google onde sempre convidam várias pessoas para a contribuir.

Simon Powers do canal Adventures with Agile iniciou uma série de vídeo-aulas sobre como facilitar reuniões remotas. O primeiro vídeo fala sobre configurações do Zoom e a presença na reunião remota.

Jimmy Janlén e Anders Ivarsson, da Crisp, compilaram uma lista de dicas e conselhos sobre como aproveitar ao máximo a colaboração remota e o trabalho de casa. A apresentação pode ser baixada aqui.

Lindred Greer escreveu um artigo em Entrepreneur explorando O motivo do trabalho remoto tornar as equipes, e os líderes, melhores. Ela disse:

O lado bom dessa situação é que as dificuldades em tornar a empresa remota irá forçá-las a adotar uma abordagem mais intencional de dinâmica das pessoas do que quando estavam operando pessoalmente, e isso só as tornará mais eficazes quando as operações presenciais forem retomadas.

Dom Nicastro pergunta: Sua política de trabalho em casa respeita as nuances do funcionário? Citando Kristina Podnar, que diz:

"Essas políticas precisam levar em conta a maneira como os funcionários desejam trabalhar e como trabalham."

Steve Denning explica em um artigo da Forbes Por que trabalhar virtualmente se tornará uma opção permanente.

Em números: O pessoal da Xobin compilou 90 estatísticas de trabalho remoto com base em vários estudos publicados.

A Forbes publicou uma discussão sobre os 4 erros de trabalho remoto que custam milhares de dólares às empresas, apresentando Molood Ceccarelli da Remote Forever.

Os erros mais comuns são:

  • Usar muitas ferramentas online;
  • Instituir reuniões obrigatórias;
  • Não deixar explícito as expectativas;
  • Depender das conversas em tempo real.

Ceccarelli comentou:

Se o trabalho remoto for novo para sua equipe, lembre-se disso: ele não precisa ser uma cópia da configuração de seu escritório. Abra-se para novas possibilidades de realizar coisas, trabalhar em conjunto e criar cultura.

Série de artigos de reuniões remotas eficazes da eMag

A especialista em trabalho remoto Judy Rees selecionou uma série de artigos para o InfoQ sobre como tornar as reuniões remotas mais eficazes. Foram transformados em uma eMag lançado em outubro de 2019.

Ela disse:

"Embora a tecnologia para reuniões remotas esteja melhorando constantemente, as práticas defasadas das reuniões remotas não acompanham as mudanças na forma como as equipes trabalham. Por exemplo, ainda são comuns agendas rígidas e liderança no estilo de comando e controle, obsoletas quando falamos de reuniões pessoais online".

Na série, os autores exploram como manter as pessoas engajadas durante reuniões remotas, como superar diferenças culturais, fornecer orientação sobre tecnologia e ferramentas que ajudam a tornar as reuniões remotas mais eficazes, além de explorar a cultura da equipe e como isso afeta a colaboração remota eficaz e como fortalecer relacionamentos remotamente.

Relatório de tendências para equipes de software e trabalho em equipe, 1º trimestre de 2020

Como lidamos com um ambiente que foi radicalmente interrompido, onde as pessoas são repentinamente empurradas para o trabalho remoto em um estado caótico? Quais são as boas práticas emergentes e as novas ideias que estão moldando a maneira como as equipes de desenvolvimento de software trabalham? O que podemos fazer para tornar o local de trabalho mais seguro e diversificado e, ao mesmo tempo, aumentar a produtividade das equipes? O Relatório de tendências para equipes de software e trabalho em equipe visa auxiliar os líderes técnicos na tomada de decisões de médio a longo prazo que terão um impacto positivo nas organizações e equipes, além de ajudar os contribuintes individuais a encontrar práticas, abordagens, ferramentas, técnicas e estruturas que podem ajudar a obterem uma experiência melhor no trabalho, independentemente de onde estejam trabalhando.

Podcasts de cultura do InfoQ sobre trabalho remoto, trabalho em equipe e como lidar com o novo normal

Painel: Distribuídos repentinamente - Agilidade efetiva na era do coronavírus

Nesta edição especial do podcast, feita em conjunto com Retrium e a Agile Alliance, reunimos um grupo de especialistas em trabalho remoto para explorar e compartilhar experiências sobre o que equipes e indivíduos podem fazer para enfrentar e ser eficazes em um ambiente no qual as pessoas são repentinamente forçadas a trabalhar em casa e a colaborar remotamente.

Jim Rose fala sobre como construir uma excelente cultura de engenharia em uma equipe remota

Neste podcast, Shane Hastie, Editor Chefe de Cultura e Métodos, falou com Jim Rose da Circle CI sobre a construção de uma cultura ótima de engenharia em uma equipe remota e distribuída.

Você não encontrará maneiras novas e criativas de resolver problemas, a menos que experimente e tente coisas novas e veja quais funcionam e quais não.

Helen Bartimote e Jamie Dobson sobre saúde mental e bem-estar durante a pandemia de COVID-19

Neste podcast, Shane falou com Helen Bartimote e Jamie Dobson da Container Solutions sobre como manter a saúde mental e o bem-estar durante a pandemia do COVID-19.

Reconhecer as reações emocionais e seu impacto é uma parte importante de ser capaz de lidar com o que está acontecendo. É realmente importante dar-lhes tempo e saber que as reações emocionais vão passar, voltar e passar novamente, e está tudo bem.

Judy Rees fala sobre reuniões remotas eficazes

Neste podcast, Shane falou com Judy Rees sobre como as reuniões e treinamentos reais, interativos e participativos conduzidos em videoconferências agora são possíveis, desde que algum esforço seja feito para acertar as coisas desde o princípio. A qualidade das conversas importa, se desejamos ter conversas de alta qualidade, precisamos ter tempo para interações sociais e humanas.

Conselhos para gerentes promoverem o bem-estar mental em tempos turbulentos

Neste podcast, Shane falou com a Dra. Michelle O'Sullivan e Douglas Talbot sobre como os gerentes e líderes de equipe podem apoiar o bem-estar mental das equipes em tempos turbulentos.

Johanna Rothman e Mark Kilby falam sobre o livro From Chaos to Distributed Agile Teams

Neste podcast gravado no Agile 2019, Shane falou com Johanna Rothman e Mark Kilby sobre o livro From Chaos to Successful Distributed Agile Teams.

Quinn Slack of Sourcegraph sobre a mudança para um ambiente totalmente remoto e o Zoomcations

Neste podcast, Shane falou com Quinn Slack, CEO da Sourcegraph, sobre como se tornar uma empresa totalmente remota, maneiras de melhorar a comunicação e colaboração e o valor do Zoomcations.

Sobre os autores

Shane Hastie é o diretor de comunicação e desenvolvimento da ICAgile, um organismo global de credenciamento e certificação dedicado a melhorar o estado do aprendizado ágil. Desde a primeira vez que utilizou o XP em 2000, Shane tem se apaixonado por ajudar empresas e equipes a adotarem formas de trabalho sustentáveis ​​e humanistas, independentemente da marca ou rótulo que utilizem. Shane foi diretor da Agile Alliance de 2011 a 2016, e hoje lidera a equipe editorial de Cultura e Métodos do InfoQ.com.

Charles Humble foi editor-chefe do InfoQ.com de março de 2014 a abril de 2020, orientando a criação de conteúdo, incluindo notícias, artigos, livros, apresentações e entrevistas. Antes de assumir a função de tempo integral no InfoQ, Charles liderou a seção sobre Java e foi CTO da PRPi Consulting, uma empresa de pesquisa de renumeração que foi adquirida pela PwC em julho de 2012. Para a PRPi, tinha responsabilidade geral pelo desenvolvimento de todos os softwares personalizados usados dentro da empresa. Trabalhou com software corporativo por cerca de 20 anos como desenvolvedor, arquiteto e gerente de desenvolvimento. No tempo livre, escreve música como sendo um dos três membros de um grupo de techno ambiental baseado em Londres, o Twofish, cujo álbum de estreia foi lançado em fevereiro de 2014 após 14 anos mexendo com brinquedos caros, e passa o máximo de tempo que pode com sua esposa e família.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT