BT

Início Notícias Checklists para adoção de Agile: úteis ou nocivos?

Checklists para adoção de Agile: úteis ou nocivos?

Favoritos

Um checklist pode ser útil na adoção de Agile em uma empresa, como defende Elena Yatzeck, em seu artigo "Dez itens para um checklist Agile nas corporações":

Mantenho um checklist de dez itens para adoção Agile, que é útil principalmente a Product Owners de grandes empresas. Alguns desses tópicos podem também ser aplicados em empresas menores.

O checklist de Yatzeck aborda vários itens a serem considerados na adoção de Agile, pela perspectiva de um Product Owner, entre eles:

Padrão de alocação de pessoal. Um projeto ágil requer o engajamento de uma equipe completa durante toda a duração do projeto, nas proporções adequadas. Portanto, ao estimar o projeto, verifique se é possível essa alocação de pessoal. Caso contrário, surgirão riscos nessa área.

Auditoria. Se os processos de auditoria estão funcionando, você como Product Owner deve sempre saber o que está ocorrendo, já que está pessoalmente envolvido desde o planejamento da release e pode acompanhar o andamento do projeto de forma geral.

O último item do checklist de Yatzeck discute o que é necessário para utilizar Agile e como lidar com conselhos:

Tenha cuidado com radicais, e sempre que se deparar com a frase "Isso não é Agile se...". O Agile provê muitas oportunidades, mas para se beneficiar é necessário ter senso comum, experiência, conhecimento técnico e muito pragmatismo. Nunca se deve aceitar um conselho, exceto quando o "conselheiro" é capaz de explicar os reais benefícios.

No artigo ScrumMasters precisam de checklists Agile?, o coach Agile Alan Dayley discute os prós e contras do uso desses checklists:

Há um debate constante na comunidade Agile sobre o uso de checklists. Deve-se criá-los e segui-los estritamente, ou não? Checklists são vistos como úteis por alguns e considerados nocivos por outros.

Dayley comenta os benefícios e perigos dos checklists de Agile, concluindo que um checklist pode ser valioso, e sugere seu uso como "listas de pensamentos":

Vejo checklists como ferramentas que ajudam a pensar sobre o processo. São, claro, lembretes de coisas que ainda não se tornaram hábitos e também podem ser úteis para equipes ou indivíduos novatos em metodologias ágeis. Entretanto, precisamos sempre pensar no valor que cada item do checklist agrega ao cliente e ao produto.

Se for utilizar o checklist, reflita sempre sobre os seus itens e não tenha medo de modificá-los quando necessário. Abandone totalmente o checklist se ele estiver prejudicando o desempenho na adoção. Não importa se você apoia ou não o uso de checklists, talvez a solução seja simplesmente pensar nos checklists como sugestões ou listas de pensamentos, ou seja, lembretes de sempre refletir sobre o que está sendo feito ou alterado.

Existem outros checklists de Agile disponíveis, similares ao de Elena Yatzeck, que ajudam a avaliar a implementação de práticas ágeis. Alguns exemplos são:

Você utiliza algum checklist Agile em seu dia a dia? Acredita que checklists são úteis, ou que podem ser prejudiciais se forem seguidos estritamente?

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.