BT

A sua opinião é importante! Por favor preencha a pesquisa do InfoQ!

Novidades do C# 8

| por Jonathan Allen Seguir 188 Seguidores , traduzido por Eleriane Costa Seguir 1 Seguidores em 25 out 2017. Tempo estimado de leitura: 3 minutos |

Em um video do Channel9, Mads Torgersen demonstra as primeiras quatro features do C# 8.

Nullable Reference Types

Já falamos sobre nullable references types no passado, mas resumindo: a idéia é que reference types (os tipos de referência) não seriam mais nulos por padrão. Em vez disso, você deve explicitamente marcá-los como nulos (anuláveis) usando a mesma sintaxe "Tipo?" Que você usa para nullable value types (tipos de valor anuláveis).

Atribuir um null a um tipo non-nullable resultará em um aviso de compilação. Da mesma forma, ao buscar um tipo null teremos um aviso de compilação, a menos que a variável em questão fosse explicitamente verificada por nulo previamente. Então, teoricamente, a única mudança que os desenvolvedores precisam fazer é não utilizar a sintaxe "Tipo?", quando apropriado.

Desde o nosso report, a nova sintaxe foi adicionada a esse recurso. Porém, pode haver um cenário onde você sabe que a variável nullable x não é realmente nula, mas você não pode provar isso para o compilador.

Neste caso, você pode usar x!.Method () para suprimir o aviso do compilador sobre possíveis exceções de referência nula.

Async Streams (também conhecidos como foreach async)

Async stream é equivalente assíncronos ao IEnumerable. Como reportado antes, async streams é utilizado desde 2015. Depois de muito debate a sintaxe estabelecida é:


foreach await (string s in asyncStream)

Ao definir um objeto async, usamos a seguinte assinatura:


async IAsyncEnumerable<T> MethodName()

Assim como em métodos IEnumerable, pode ser usado "yield return" para construir stream de objetos em uma lazy fashion.

O benefício de usar Async em vez de IObservable <T> de Extensões Reativas, é que o consumidor controla a taxa de fluxo. Isso é referido como um "pull model". Já o IObservable <T> é um "push mode", o que significa que o "Producer" pode inundar o "Consumer" com uma taxa de fluxo maior do que ele pode manipular.

Implementação de Interface Padrão

As implementações de interface padrão são essencialmente uma forma limitada de herança múltipla. Isso permitirá que interfaces abstratas definam completamente métodos, como classes abstratas. No entanto, as interfaces abstratas ainda não poderão declarar construtores ou atributos.

Nota: Você pode simular campos em uma interface usando ConditionalWeakTable.

O principal benefício das implementações de interface padrão é que você pode adicionar novos métodos a uma interface existente sem quebrar a compatibilidade inversa. Porém, isso não é garantido, pois só funcionaria quando um método padrão adequado for planejado.

Esta é uma característica muito controversa. Não vamos repetir os argumentos prós e contra aqui, mas você pode ler o resumo deles em nosso artigo anterior sobre implementações de interface padrão.

Extension Everything

Um solicitação de longo tempo é ter a possibilidade de escrever métodos de extensão (extension methods) em C#, não somente propriedades de extensão. Na verdade, não há como sequer definir uma propriedade ou evento de extensão usando o padrão atual. Além disso, colocar métodos de extensão em classes estáticas parece "estranho" para muitas pessoas.

Sob o novo design, existe uma nova construção chamada "extension". Por exemplo, se você quiser criar métodos de extensão e propriedades para uma classe de Cliente, você escreveria:

extension CustomerExt extends Customer {
    //methods and properties go here
}

Tal como acontece com as interfaces, não é possível definir campos de instância em extension, mas é possível simular usando ConditionalWeakTable. Também podem ser definidos campos estáticos.

Além de propriedades, eventos e sobrecargas de operadores, está sendo considerado permitir construtores de extensão (extension constructors). Os construtores de extensão seriam muito interessantes em factory e em cenários de pooling de objetos.

Extensions interfaces permitem adicionar novas interfaces em classes já existentes, também é uma tido como uma novidade. Esta, provavelmente, não será uma nova funcionalidade do C# 8, já que isso requer alterações no runtime.

Para maiores informações sobre o futuro do C#, acesse o C# Language Design Repo.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT