BT

Google libera o SDK 1.1 do Android Instant Apps

| por Sergio De Simone Seguir 12 Seguidores , traduzido por Edson Prestes Seguir 0 Seguidores em 12 jan 2018. Tempo estimado de leitura: 1 minuto |

Para melhorar a experiência das pessoas que acessam o InfoQ Brasil, nós criamos uma série de funcionalidades que te permitem ficar por dentro das últimas tendências e das novidades de seu interesse, sem que você seja incomodado por coisas irrelevantes. Receba e-mails periódicos e notificações sobre seus tópicos favoritos!

Poucos meses após ser apresentado no Google I/O 2017, o SDK do Android Instant Apps chega à versão 1.1, trazendo a configuração de APKs para otimização do tamanho do binário e uma nova API para manter o contexto do usuário quando transitar de uma app instalada para um instant app.

Como reportado pelo InfoQ, uma funcionalidade chave do instant apps é o seu tamanho reduzido. Para ajudar os desenvolvedores a atingir o objetivo de manter seus módulos de instant app abaixo do limite de 4MB, o Google está fazendo o possível para isolar recursos específicos de dispositivos e bibliotecas nativas em APKs independentes. Estas APKs independentes, chamadas APKs de configuração, são carregadas pelo SDK somente quando elas são relevantes para os dispositivos do usuário. Atualmente, três tipos de APKs de configuração são suportadas (para): densidade da tela, arquitetura da CPU (ABI) e linguagens. De acordo com o Google, isto irá ajudar a reduzir o tamanho das bibliotecas em 10%.

Outra funcionalidade que será bem-vinda tanto para desenvolvedores quanto para usuários é o suporte ao contexto persistente do usuário em versões anteriores do Android. Com o contexto persistente do usuário, um app instalado pode acessar o armazenamento interno da instant app relacionada, permitindo que o usuário preserve qualquer informação criada pelo instant app e possa usá-la logo após o app ter sido instalado por completo. Apps instalados podem chamar InstantAppsClient.getInstantAppData() para recuperar um arquivo zip do armazenamento interno de um instant app. Dentre as versões suportadas estão: Lollipop, Marshmallow e Nougat -- graças ao Google Play Services.

Instant Apps estão levando o Google a ligações profundas, permitindo que um aplicativo Android regular seja repartido em módulos e somente os carregue quando o usuário escolher ações específicas em outra aplicação. Tudo isso pode funcionar sem ter que instalar a aplicação e visa proporcionar uma transição perfeita entre apps.

Você pode atualizar para a versão 1.1 do SDK do Android Instant Apps usando o SDK Manager dentro do Android Studio.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT