BT

Início Notícias Cloud Firestore, o banco de dados NoSQL do Google é agora GA

Cloud Firestore, o banco de dados NoSQL do Google é agora GA

Favoritos

O Google recentemente anunciou que o Cloud Firestore, seu banco de dados NoSQL na nuvem, está a partir de agora amplamente disponível (GA). Com este lançamento, o Google está também introduzindo uma série de novas funcionalidades, como integração com o StackDriver, e disponibilização do serviço em mais regiões oferecendo uma faixa de preço mais baixa.

O Cloud Firestore estava em beta desde o início de outubro de 2017. Durante a fase beta, o Google atualizou o serviço em agosto do último ano adicionando ferramentas para gerenciamento e administração do Cloud Firestore através do console no GCP (Google Cloud Platform). Também foi ampliada a disponibilidade para mais localizações e adicionadas novas funcionalidades, como controles de índices de campos simples e implantações mais rápidas de regras para segurança.

Com o lançamento do Cloud Firestore (GA), o Google expandiu a disponibilidade do Cloud Firestore para 10 novas regiões distribuídas entre Ásia, Áustria, América do Norte e do Sul, e Europa. Inclusive, o serviço está agora incluído formalmente no acordo do nível de serviço (SLA) do GCP, de acordo com o post feito por Todd Kerpelmann no blog do Firebase - há garantia de um tempo de disponibilidade (uptime) de 99,999% para instâncias multi-regiões do Cloud Firestore, e 99,99% para instâncias regionais.


Fonte: https://cloud.google.com/blog/products/databases/announcing-cloud-firestore-general-availability-and-updates

Outra mudança sobre o Cloud Firestore é o preço. No blog do Google, o anúncio do novo preço para o Cloud Firestore teve efeito a partir de 3 de março de 2019 para a maioria das instâncias regionais, e isso pode reduzir em 50% os preços de instâncias multi-regiões. O novo preço significa que clientes podem replicar dados para múltiplas zonas em uma região a um custo mais baixo e com baixa latência. Entretanto, quando clientes exigem alta disponibilidade e durabilidade, o Google recomenda múltiplas instâncias. Mais detalhes sobre o preço estão disponíveis na página de preços do FireStore.

Uma das novas funcionalidades do Cloud Firestore é a integração com StackDriver para monitorar e prover aos usuários a habilidade de observar o número de operações de leituras, escritas e deleções que o banco de dados recebe no decorrer do tempo - e são essas operações que orientam os custos de utilização. Com o Stackdriver Cloud Firestore os usuários podem ver o relatório de utilização através da aba "Usage" diretamente no console do Firebase, podem configurar alertas quando certos indicadores são ultrapassados e captar notificações pelo Slack ou PagerDuty. Note que a aba "Usage" continua em beta.


Fonte: https://firebase.googleblog.com/2019/01/cloud-firestore-in-general-availability.html

A mudança para GA gerou algumas respostas nas mídias sociais e alguns depoimentos de clientes no post no blog. Richard Serotes, VP de marketing de produto na Pivotal, disse no Twitter:

O Cloud Firestore faz mais do que as principais funcionalidades de um banco de dados. Foi projetado para ser um completo backend de dados que manuseia segurança e autorização, infraestrutura, armazenamento de dados e sincronização.

Em uma mensagem sobre o Cloud Firestore, a empresa The Telegraph, que usa serviços de banco de dados NoSQL para seu conteúdo. O arquiteto de soluções, Alex Mansfield-Scaddan disse:

O Cloud Firestore nos permite construir um fluxo de notícias personalizado e de tempo-real, mantendo leitores informados com o estado do conteúdo sincronizado em todos os seus dispositivos. Isso permite que as equipes de engenharia da The Telegraph foquem em melhorar o engajamento dos clientes, ao invés de se tornarem especialistas em bancos de dados e infraestrutura de tempo real.

Com o Cloud Firestore se tornando um banco de dados NoSQL globalmente disponível, o Google irá competir com ofertas similares de outros provedores públicos de nuvem como Microsoft e Amazon:

  • O serviço NoSQL da Microsoft chamado Cosmos DB, disponível em todas as regiões da plataforma Azure, se tornou amplamente disponível em maio de 2017, e recebe atualizações frequentemente - as últimas atualizações foram relatadas pelo InfoQ há poucos meses atrás.
  • A Amazon oferece o AWS Dynamo, um banco de dados NoSQL, amplamente disponível desde meados de janeiro de 2012, e disponível na maioria das regiões da AWS. Este serviço de banco de dados também recebe atualizações regularmente - sendo que a maioria das melhorias recentes se relacionam com suporte a transações.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

  • Realtime Database

    by Eduardo Gorges /

    Seu comentário está aguardando aprovação dos moderadores. Obrigado por participar da discussão!

    Agora é acompanhar o que será do Firebase Realtime Database.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.