BT

Entrevista sobre o livro The Great ScrumMaster

| Postado por Ben Linders , traduzido por Augusto Alessio em 23 fev 2017. Tempo estimado de leitura: 8 minutos |

Pontos principais

  • Um grande Scrum Master é um bom ouvinte, facilitador, notável, coach e líder;
  • Grandes Scrum Masters criarão grandes equipes auto-organizadas e com alto desempenho;
  • Como Scrum Master, é seu dever regularmente tirar a equipe de sua zona de conforto;
  • Scrum Masters devem trabalhar em todos os três níveis dos conceitos #ScrumMasterWay;
  • Scrum Masters devem experimentar, ter senso de humor e ser curiosos.

Em The Great ScrumMaster, a autora Zuzana Šochová explora o papel do ScrumMaster e apresenta soluções para lidar com situações difíceis do cotidiano. Ela descreve o #ScrumMasterWay, um conceito que define três níveis de operações de um Scrum Master.

Os leitores do InfoQ podem baixar gratuitamente o capítulo 2 do livro The Great ScrumMaster.

O InfoQ entrevistou Zuzana Šochová para identificar o porque precisamos de um Scrum Master, as vantagens e desvantagens de combinar o papel do Scrum Master com o papel de um membro da equipe, como o trabalho de um Scrum Master pode gerar mudanças e tornar uma equipe mais madura, os três níveis no percurso de um Scrum Master: quais habilidades um Scrum Master precisa adquirir para se tornar um grande Scrum Master; porque Scrum Masters devem trabalhar a nível de sistema e como eles devem fazer isso; e como Scrum Masters podem usar retrospectivas para aumentar a positividade na equipe.

InfoQ: O que fez decidir escrever este livro?

Zuzana Šochová: Escrever um livro é difícil, a menos que tenha uma mensagem clara para compartilhar e uma voz interior que te força a compartilhá-la. Levei um tempo para entender o que esperavam de mim como um Scrum Master. Estive perdida em todas essas responsabilidades, e uma mentalidade tradicional. Mais tarde, pude ensinar centenas de Scrum Masters em minhas aulas para CSM (Certified Scrum Master®), e todos tiveram o mesmo mal-entendimento, que o papel do ScrumMaster é um assistente da equipe, a "mãe" da equipe gastando todas suas energias para remover os impedimentos. Os alunos saem das minhas aulas com "sangue nos olhos", super motivados e com muita energia para mudar as coisas. Se os Scrum Masters tiverem sucesso em seu trabalho, eles formarão equipes de alta desempenho e se tornarão grandes Scrum Masters.

Me sinto feliz, mas ao mesmo tempo um pouco frustrada, pois mesmo fazendo o meu melhor e dando aulas todos os dias, ainda assim não posso mudar o mundo. Posso ensinar somente algumas pessoas, o que não é o suficiente. Essa minha frustração cresceu e então decidi fazer algo e compartilhar com todos os Scrum Masters essa sabedoria que obtive com minhas experiências e erros.

InfoQ: Para quem é indicado este livro?

Šochová: Este livro é um guia para todos os Scrum Masters, Agile coaches e líderes que querem transformar suas organizações. É direcionado para dar uma referência dos conceitos gerais que todos os Scrum Masters devem entender. O livro apresenta recursos que podem ajudar a resolver situações difíceis. É um ponto de partida que ajuda na busca de ideias sobre como seguir adiante. Além disso, está cheio de exemplos práticos que ajudam a aplicar cada conceito. O livro inclui ilustrações que ajudam a lembrar dos conceitos.

Ser um grande ScrumMaster é uma jornada, e este livro guia nesta jornada.

InfoQ: Quais são os propósitos e objetivos dos Scrum Masters, porque precisamos deles?

Šochová: Scrum Masters tem muitas responsabilidades. É difícil ligar eles com algum papel no mundo tradicional, é difícil entender o que eles realmente fazem todos os dias. Um grande Scrum Master é um bom ouvinte, facilitador, empático, coach e líder servidor. São grandes entusiastas de Agile e Scrum, caso contrário não conseguiriam atrair as pessoas. Os grandes Scrum Masters formam grandes equipes auto-organizadas e com alta produtividade que fará a empresa alcançar o sucesso.

InfoQ: Quais são as vantagens e desvantagens de combinar o papel do Scrum Master com um membro da equipe?

Šochová: Não se pode vestir dois chapéus ao mesmo tempo. É necessário decidir; se quer ser um Scrum Master, então é necessário ter dedicação exclusiva. É preciso ver a equipe de uma determinada distância, sem um envolvimento muito aprofundado. Um Scrum Master deve tirar regularmente a equipe de sua zona de conforto, ajudando eles a mudar para melhor. Como um Scrum Master membro da equipe, acaba-se perdendo a visão geral e limitando o seu tempo como Scrum Master para focar em atividades da equipe. Se quiser dar aos Scrum Masters mais trabalho, coloque ele em mais de uma equipe. Isso permitirá que eles ganhem mais experiências e aprimorem suas habilidades como Scrum Master.

InfoQ: Como o trabalho de um Scrum Master muda quando a equipe se torna mais madura?

Šochová: Quando a equipe de desenvolvimento é mais auto-organizada, os Scrum Masters terão mais tempo para gastar em outros níveis do conceito #ScrumMasterWay. Eles poderão treinar os Product Owners, facilitar a comunicação com outras equipes, ajudar a organização a abraçar os valores do Agile e Scrum, e poderão criar comunidades. Nesse ponto, os Scrum Masters ajudarão a criar uma organização ágil e mudar o estilo de liderança.

InfoQ: Quais são os três níveis do Scrum Master Way?

Šochová: O primeiro nível é a Minha Equipe. Scrum Masters são quase membros da equipe. Eles olham para as perspectivas da equipe de desenvolvimento: apresentam diferentes práticas ágeis, facilitam cerimônias Scrum, ajudam a remover impedimentos, treinam a equipe, e tornam a equipe melhor.

O segundo nível é o Relacionamento. No qual os Scrum Masters estão olhando para a equipe com muita perspectiva, focando em seus aprendizados, mentoria, facilitação, e treinando suas habilidades de relacionamento com outras entidades. Ajudando o Product Owner a construir uma grande visão, e facilitando a conversa com outras equipes. Construindo um sistema auto-organizado.

Finalmente, o terceiro nível é o Sistema Inteiro. Os Scrum Masters olharão a organização com um sistema, a dez mil pés de distância. Procurando melhorias na organização. Eles devem se tornar líderes servidores, ajudar os outros membros a se tornar líderes, crescer as comunidades e criar relacionamentos. Trazer os valores ágeis para o nível da organização.

InfoQ: Quais habilidades são necessárias para se tornar um grande Scrum Master?

Šochová: Em conjunto com um sólido conhecimento e experiências com Agile e Scrum, o mais importante seria obter as habilidades de facilitação e coaching. Sem essas habilidades, não é possível alcançar a meta de tornar as equipes auto-organizadas e de alto desempenho. Além disso, é necessário compreender sobre gestão de mudanças, gestão de produto e negócios ágil, práticas de extreme programming, liderança e desenvolvimento de pessoas. Devem melhorar suas habilidades de comunicação e se tornar bons ouvintes.

InfoQ: Em seu livro é mencionado que os Scrum Masters devem trabalhar a nível de sistema. Pode explicar porque, e como eles podem fazer isso?

Šochová: Em um determinado ponto de ser ágil, os métodos tradicionais para alcançar o próximo estado fracassam porque não se baseiam na auto-organização e não vêem a organização como um sistema, mas como uma hierarquia. Os métodos que foram úteis nos dois níveis anteriores do #ScrumMasterWay, tais como organização de oficinas, explicando e trazendo nos conceitos e treinamentos para a equipe falham, pois a organização é muito complexa. É necessário experimentar, ser brincalhão e curioso, e tentar coisas diferentes para estimular as reações. O sistema providenciará algum feedback, tudo que tem que acreditar é que o sistema é criativo e inteligente, para que as pessoas nesse sistema não precisem lhe dizer o que fazer. Eles vão descobrir, no entanto, eles podem não vê-lo a princípio, então eles precisam do Scrum Master como coach para desafiar seu status e revelar a partir do seu ponto de vista.

InfoQ: Como os Scrum Masters podem utilizar as retrospectivas para aumentar a positividade?

Šochová: Os Scrum Masters devem utilizar qualquer situação para aumentar a positividade e a retrospectiva definitivamente é uma delas. Positividade funciona como uma conta bancária. Se tem dinheiro suficiente, então está tudo bem. Nenhuma despesa surpresa pode lhe frustrar. Se o seu saldo é zero, qualquer despesa pequena poderá gerar estresse. O mesmo se aplica para positividade. Se a equipe está em grande forma, seja feliz, motivada, então mesmo um grande problema pode ser resolvido sorrindo. Se é uma equipe disfuncional com falta de confiança, para cada pequena questão começa uma guerra. Positividade é atualmente um dos segredos dos grandes Scrum Masters.

Sobre a autora do livro

 Zuzana "Zuzi" Šochová é uma agile coach, professora independente e Certified Scrum Trainer com mais de quinze anos de experiência na indústria de TI. Ela iniciou com Agile e Scrum em 2005, quando implementou métodos ágeis nos EUA. Desde então, contribuiu com transformação e implementação ágil em muitas companhias e equipes ao redor do mundo. Como Certified Scrum Trainer pela Scrum Alliance, Zuzi treinou milhares de Scrum Masters e Product Owners. Ao criar e manter uma liderança ágil, Zuzi acredita que o mundo e a vida no trabalho podem se tornar mais felizes e bem sucedidos.

Zuzi é palestrante regular em conferências, é uma das fundadoras da Czech Agile Association, e da mundialmente famosa conferência AgilePrague. Zuzi foi eleita para diretoria do Scrum Alliance Board em 2017. Ela é autora do livro The Great ScrumMaster: #ScrumMasterWay.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
BT