BT

A viagem de um homem numa Jornada com Pair Programming

por Mike Bria , traduzido por Victor Hugo Germano em 29 Jan 2009 |

Corey Haines recentemente embarcou em " uma excursão de Pair Programming" de uma única pessoa na região central dos EUA. - Agora, há três semanas nesta viagem inovadora, Haines postou um vídeo de entrevistas revelando muitos dos insights que ele conseguiu sobre pares, testes automatizados e a evolução do “artesão de software” enquanto compartilha o teclado nas casas de Dave Chelimsky, Brian Marick, Uncle Bob Martin entre outros.

Inicialmente inspirado pelo matemático húngaro Paul Erdős, Corey Haines embarcou em uma viagem em nome de aumentar a ênfase de industria em software como um artesanato. Assim como fez Erdos em meados do século XX, Haines está atualmente viajando ao redor do centro-oeste norte americano para praticar desenvolvimento de software (ao invés de matemática) com uma ampla gama de seus colegas e mentores. Em “par” com eles. 

Enquanto ele entitulou a viagem de um "Pair Programming Tour" o principal intuito é de alguma forma menos sobre pair programming em si, do que sobre buscar informações do que é necessário para um desenvolvedor de software realmente se tornar bom naquilo que faz. Como o próprio Corey afirmou quando a InfoQ conversou com ele:

A viagem é a primeira iniciativa de prover um mecanismo para a comunidade ganhar os benefícios da mentalidade do journeyman, viajando e trabalhando com diferentes pessoas.

Em sua essência, Haines está atuando em uma interpretação totalmente literal da opinião de que software é um processo artesanal, e ainda que só pode ser apenas dominado através de experiências reais com diferentes problemas e sendo exposto ao aprendizado de outros artesãos.

Em relação a como a viagem o tem pessoalmente ajudado desta forma, Haines apresentou o que tinha a dizer sobre as três semanas que ele tem gasto usando o teclado com outros: 

Uma coisa que se destaca é o benefício que eu ganho por fazer par com uma gama tão vasta de pessoas em projetos diferentes: uma aplicação Ruby Cocoa; um Ruby VM em ActionScript; aplicativos baseado em Merb-, Rails-, Limelight e o bom e velho Ruby. Eu tenho visto um monte de ambientes diferentes, de escritórios a salas de estar que tem me dado uma perspectiva diferente das pessoas também.

Haines capturou vídeo de entrevistas com cada um dos seus hosts e postou no blog monitorando o progresso de sua viagem, permitindo-nos também compartilhar sua "exposição à história de outros artesãos". Nessas entrevistas você vai ouvir várias histórias e pontos de vista de ”Tio” Bob Martin, Brian Marick (Parte 1 e Parte 2), David Chelimsky, Micah Martin, Dave Hoover e Eric Meyer. Cada uma das entrevistas vale a pena ver na íntegra, mas algumas em destaques são:

  • Dave Chelimsky em como não existe melhor substitutivo para aprendizagem do nosso artesanato do que trabalhando com os outros (via pares); sobre o beneficio em relação à leitura de um livro ou um blog("você não pode aprender a assar um bolo observando um grande bolo ").
  • Brian Marick sobre os problemas e alternativas para desenvolvimento orientado a testes de aceitação, também leva suas "duas telas em par".
  • Micah Martin na 8ª Light's Apprenticeship abordagem do crescimento do artesão de software.
  • A Perspectiva de cada pessoa sobre o que Corey está fazendo e suas experiências em par com ele. ‑­

Reserve algum tempo para checar os registros de Corey em sua viagem, compartilhando sua percepção sobre sua iniciativa ao longo das ultimas semanas.

E como sempre, não se acanhe, faça login e comente logo abaixo para permitir que todos aqui saibam o que você pensa sobre Pair Programming Journeyman Tour !

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Esse cara é bom! by André Faria Gomes

As entrevistas são realmente muito boas. Vale a pena conferir!

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

1 Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.