BT

Cloud Architectures não foram completamente definidos ainda

por Abel Avram , traduzido por Flávia Castro de Oliveira em 04 Mar 2009 |

Enquanto há muitos padrões de software maduros para as aplicações, o mesmo não pode ser dito sobre clouds. Cada fornecedor emprega sua própria solução, que provavelmente está mais sujeita a mudanças e melhorias. A tecnologia não está madura o suficiente para um claro conjunto de padrões a emergentes, mas o primeiro exemplo de trabalho está aí.

A Amazon sugere usar seu cloud para as seguintes tarefas:

Processamento de Pipelines

  • Documento de processamento de pipelines – converter centenas de milhares de documentos do Microsoft Word para PDF, OCR milhões de páginas/imagens em texto puro e indexável
  • Imagem de processamento de pipelines – criar thumbnails ou variantes de baixa resolução de uma imagem, redimensionar milhões de imagens
  • Video transcoding pipelines – transcodifique AVI para vídeos MPEG
  • Indexação – criar um index de rastreamento de dados da web
  • Data mining – realizar pesquisas ao longo de milhões de registros

Sistemas de Processamento Batch

  • Aplicações back-office (em financeiras, seguro ou setores varejistas)
  • Análises Log – analisar e gerar relatórios diariamente/semanalmente
  • Nightly builds – perform nightly automated builds do repositório do código fonte toda noite em paralelo
  • Teste Unitário Automatizado e Desenvolvimento de Testes – Testar e implantar e realizar testes unitários automatizados (funcional, load, qualidade) em diferentes configurações de deployment toda noite

Websites

  • Websites que “dormem” a noite e auto-escala durante o dia
  • Instant Websites – websites para conferências ou eventos (Super Bowl, torneios esportivos)
  • Websites de promoção
  • Websites de temporada- websites que somente funcionam durante a temporada dos impostos ou a temporada das férias (“Black Friday” ou Natal)

Um exemplo de uma arquitetura cloud está na GrepTheWeb da Amazon:

grep

Depois de um boa olhada, a arquitetura se parece com isto:

grep1

Jinesh Varia, um Evangelista de Serviços Web da Amazon, explicou o GrepTheWeb em detalhes através de uma apresentação publicada pela InfoQ.

Todd Hoff compilou uma lista de componentes básicos empregador por SmugMug na sua arquitetura cloud, que também é construída na Amazon EC2:

  • Iniciadores de trabalho - O trabalho vem de seu website e/ou outro subsistema de software e está na fila para processamento na Queue Service. Trabalho não tem de ser grandes relatórios. Trabalho pode ser pequena parte independente de um overall pipeline total. Não manter o estado nos Workers. Empacote o que você precisa que seja feito no relatório de trabalho e dispare de volta ao Queue Service, para processamento.
  • Provisioning Service - Esta é a infra-estrutura da Amazon que permite que instância sejam automaticamente escalada para cima e para baixo em relação à carga de trabalho. Esta será a grande diferença entre seu VPS ou a típica configuração do datacenter. Há uma API para começar e parar as AMIs e os mecanismos para automaticamente configurar e executar as VMs.
  • Workers - Estes são os caras que continuamente puxam o trabalho para fora das filas e fazem alguma coisa interessante com ele. Para SmugMug os resultados são armazenados no S3 mas os resultados poderiam ser colocados em seu próprio database, o SimpleDB ou qualquer que seja.
  • Queuing Service - Este é onde o trabalho está enfileirado para o consumo pelos workers. O SmugMug constrói seu próprio queuing service, mas você poderia usar com a mesma facilidade do próprio SQS da Amazon. Criar um queue service escalável, distribuído, performático e altamente disponível não é facil, então você pode querer dar uma olhada na variedade de diferentes sugestões de produtos para queue no Flickr - Do the Essential Work Up-front and Queue the Rest.
  • Controller - Este componente monitora muitas variáveis relacionadas ao work flow e decide quantas instâncias do EC2 são necessárias baseadas na otimização de um pequeno conjunto de objetivos. As instâncias são adicionadas e removidas quando necessário.

Cada fornecedor tem sua própria solução e diferentes são esperadas para aparecer no futuro. Os clouds não tem sido explorados e lentamente, mas constantemente, suas soluções arquitetônicas estão sendo elaboradas.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.