BT

Escalando Scrum

por Felipe Rodrigues em 25 Mai 2009 |

No Scrum Gathering Brasil, Danilo Bardusco conta como foi para escalar Scrum na Globo.com, levantando alguns pontos interessantes a serem considerados

  • A última coisa que você quer fazer é escalar Scrum - Martin Fowler
  • De certa forma Scrum já é auto-escalável, porém necessita de Suporte e adaptação
  • Scrum requer gerenciamento inteligente ... e mão na massa.
  • Gerentes que não se envolvem e que só tomam decisões baseadas em relatórios não servem para Scrum

Danilo mencionou alguns requisitos básicos para que seja possível escalar Scrum em qualquer ambiente. Segundo ele, para escalar Scrum é necessário:

  1. Simplicidade
  2. Minimizar a quantidade de trabalho a ser feito
    • Para isso, trabalhar com Iterações
  3. Pensar como artista/Artesão
    • O artista rascunha o todo, inicia o todo e vai melhorando o todo
    • Cliente e/ou usuário Colaborando
  4. Ter Senso de Urgência - Tudo deve ser feito o mais rápido possível
  5. Melhoria Contínua - Nunca tentar fazer o trabalho da mesma forma que foi feito ontem, buscando melhorar a cada dia
  6. Manter um ambiente de Confiança e aprendizado - Isso muda a visão do cliente em relação à equipe
    • Estimular a confiança cada vez mais
    • Esquecer contratos entre departamentos
    • Eliminar a cultura de encontrar culpados pelos erros
    • Entregar software funcionando a cada sprint
  7. Todos devem se responsabilizar pelo trabalho a ser feito - isso cria confiança entre o cliente e a equipe
  8. Alta direção da empresa deve trabalhar puxando a produção (Utilizando os conceitos de Lean)
  9. Saber que Scrum não é fácil

Danilo conta que iniciaram com 1 time gigante utilizando métodos tradicionais, implicando na impossibilidade de auto-gerenciamento e dificuldade de comunicação. Para aplicar Scrum, foram criados 6 times independentes, porém trabalhando em conjunto da seguinte forma:

Foto do Danilo na Palestra

  • Sprint dos 6 times sincronizados
  • Sprint planning individuais
  • Daily Meeting as 09:30h
  • Daily Scrum of Scrums as 09:50h
  • Review com todos os times no auditórios

Ele acrescenta:

...É preciso definir a velocidade local antes de distribuir os times...
...as práticas ágeis de engenharia passam a ser obrigatórias devido aos diversos relacionamentos dos times...
...é fundamental integrar no mínimo diariamente (Integração Contínua)...

Do ponto de vista mais técnico, ele destaca:

..é preciso tomar cuidados com a automação de testes, pois pode gerar muito trabalho de manutenção. A gravação de testes via selenium é trabalhosa para projetos grandes.

Como solução ele aponta o uso de técnicas de Behavior Driven Development:

...uma solução encontrada na globo foi usar BDD, considerando o código de testes tão importante quanto o código de produção...

Em relação à coordenar os times ele afirma:

...cuidar para que o trabalho dos times seja isolado... e não paralelizar as estórias dentro do Sprint é fundamental para diminuir o estoque de produto não acabado. Isso também ajuda na auto-gestão, pois todos estão focados e tem que trabalhar no que precisar, pois não dá pra fazer o que não é necessário, além de regular o tamanho do time, pois não dá pra ter muitas pessoas se a quantidade de trabalho paralelo é limitada. Por fim, isso tira as pessoas da zona de conforto.

Segundo ele, neste momento é preciso ser preguiçoso, visando os seguintes benefícios:

  • Fazer somente o que for absolutamente necessário para atingir o Objetivo do Sprint
  • É necessário muita disciplina, confiança e postura da equipe

Com todos esses pontos levantados pelo Danilo, conseguimos ter uma idéia do que é necessário para escalar o Scrum. Isso inclui muita mudança de paradigma e adaptação cultural para que seja possível.

Você já escalou Scrum e tem alguma experiência para compartilhar conosco? E quanto à outros métodos ágeis, quais é sua experiência com equipes grandes?

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.