BT
x Por favor preencha a pesquisa do InfoQ !

Garantindo o Sucesso das Equipes Auto-Gerenciáveis

por Vikas Hazrati , traduzido por Vinicius Assef em 10 Jul 2009 |

A auto-organização é definida como um fenômeno no qual a organização interna de um sistema aumenta em complexidade sem que ele seja guiado ou gerenciado por uma fonte externa. Ela é tida como um atributo fundamental das equipes ágeis. Entretanto, para ter sucesso nessa empreitada, é preciso muito suporte dos membros da equipe e também da gerência e do ambiente organizacional.

Esther Derby sugeriu que a maioria das equipes que caminham em direção à auto-organização enfrentam dois extremos no envolvimento da gerência:

  1. Gerentes Helicópteros - aqueles que tentam fazer o resgate muito cedo, privando a equipe de pensar e resolver seus próprios problemas sozinha.
  2. Gerentes Ausentes - aqueles que não entram em ação nunca, independente de se a equipe tem ou não toda a capacidade necessária para resolver os problemas.

Esther sugeriu o seguinte guia para ter sucesso com as equipes auto-gerenciáveis:

  1. Se a equipe tem capacidade suficiente para resolver o problema, então dê espaço a ela. Caso contrário, faça perguntas para guiá-la no processo de encontrar uma solução. Isso pode ajudá-la a formar a capacidade que ainda não tem.
  2. Quando o tempo não for tão imperativo, permita que a equipe trabalhe a questão. Isso pode ajudar a melhorar o espírito de união e de colaboração
  3. Se a solução é limitada pelo escopo e pelo impacto, ou a decisão é irreversível, dê espaço para a equipe resolver a questão, mesmo que haja uma boa chance de eles falharem na primeira vez.

Esther ainda adicionou,

Sempre há um equilíbrio entre a eficiência e a oportunidade de aprendizado. As equipes auto-gerenciadas podem superar as convencionais... mas só se os gerentes estiverem dispostos a investir nesse processo.

Semelhantemente, Dave Nicolette sugeriu os seguintes fatores para o crescimento das equipes auto-gerenciáveis que realmente funcionam:

  1. Defina os limites claramente - Sem isso, a equipe fica perdida sobre o quanto ela pode gerenciar e quando deveria pedir ajuda ao gerente. Sem a definição desses limites, as equipes caem no erro de excesso de precaução e não tomam nenhuma decisão sem buscar auxílio.
  2. Tolere erros e dê tempo para o aprendizado - o gerente não deveria agir logo no primeiro problema. Ele deveria permitir que a equipe aprenda com seus próprios erros e que tome as ações corretivas nessas situações
  3. Mantenha o desafio na equipe, sem frustrá-la - o gerente deveria estar a par da capacidade da equipe e de suas limitações. Ele deveria estar apto a dar a ela desafios suficientes para mantê-la num estado constante de aprendizado e de crescimento.

Um estudo realizado há alguns anos sobre modelos de sucesso de equipes auto-gerenciáveis enfatizou bastante o equilíbrio no envolvimento do gerente com a equipe. Esse equilíbrio correto permitiu às equipes melhorarem muito suas capacidades de tomada de decisão e de resolução de problemas.

Desta forma, é importante construir a infra-estrutura em torno das equipes ágeis durante a caminhada rumo à auto-organização. É importante que os gerentes conheçam o nível de habilidade da equipe, agindo ou aguardando o melhor momento, e atuando como um catalisador para a equipe atingir tal estado de organização.
 

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

Percebemos que você está utilizando um bloqueador de propagandas

Nós entendemos porquê utilizar um bloqueador de propagandas. No entanto, nós precisamos da sua ajuda para manter o InfoQ gratuito. O InfoQ não compartilhará seus dados com nenhum terceiro sem que você autorize. Procuramos trabalhar com anúncios de empresas e produtos que sejam relevantes para nossos leitores. Por favor, considere adicionar o InfoQ como uma exceção no seu bloqueador de propagandas.