BT

Yahoo! Doa Traffic Server para Apache

por Abel Avram , traduzido por Fábio Henrique em 16 Nov 2009 |

Shelton Shugar, SVP Cloud Computing do Yahoo!, anunciou a doação do Traffic Server (TS), um HTTP Cache Server para a Apache, durante sua palestra na Conferencia Internacional de Cloud Computing.

Adquirido junto a Inktomi em 2003, o Traffic Server é atualmente utilizado pelo Yahoo! em seu ambiente de produção como um HTTP/1.1 caching proxy server, ofertando cerca de 30 bilhões de objetos web e mais de 400 TB de dados por dia. O TS processa em torno de 35.000 RPS a partir de um único servidor de 8 Cores. Depois de ser por vários meses uma proposta na Incubadora de Projetos Apacheo TS tornou-se um Projeto Incubado visando se tornar um Projeto Apache semelhante ao que aconteceu com o Hadoop, um outro projeto inspirado no MapReduce do Google no qual o Yahoo! contribuiu fortemente.

Além de ser um cache server, o TS oferece gerenciamento de sessão e configuração, balanceamento de carga, autenticação e roteamento. Este possui uma API externa que pode ser estendida através de plug-ins, de acordo com Shugar o TS deverá ser um grande atrativo para os fornecedores de Cloud:

As empresas interessadas no uso do TS serão empresas fornecedoras de Cloud e os usuários deste serviço. Estes irão entender o real valor do Traffic Server e o que ele será capaz de fazer por elas.

Comentando sobre a sua importância, Cindy Borovick, VP de Pesquisa da Datacenter Networks, acrescentou:

sto é tudo sobre como tornar a plataforma de Cloud do Yahoo atraente aos desenvolvedores. Por ofertar um Traffic Server de código aberto, o Yahoo está dizendo que uma infra-estrutura de rede é importante e esta plataforma de rede inteligente irá criar uma melhor experiência ao usuário final e como resultado direcionar o cliente há confiar neste produto. Não é simplesmente um item de negociação para com o cliente, mas sim um verdadeiro valor agregado.

Os objetivos iniciais do Yahoo! para com o TS Open Source é adicionar suporte ao ambiente 64-bits, suporte a plataforma Unix já que atualmente o TS somente possui versões para Linux, adicionar novas funcionalidades como CARP, HTCP, ESI, suporte IPv6 nativo, e futuramente melhorar a sua performance.

A equipe inicial de desenvolvedores que trabalham no TS são funcionários do Yahoo!, mas outros desenvolvedores já manifestaram total interesse em trabalhar neste projeto. O código fonte não possui dependências externas com exceção de bibliotecas padrões como BDB, OpenSSL, TCL, STL, glibc e expat.O código fonte vem acompanhado de um Administrator’s Guide e um SDK Programming Guide.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.