BT

JavaFX continua ativo mesmo após compra da Sun pela Oracle

por William Siqueira em 08 Fev 2010 |

Nessa versão não há adição de componentes na API padrão do JavaFX, mas há diversas melhorias quanto a performance, tais como o a diminuição do tamanho em disco do runtime, inicialização de Applets melhorada e reparo de alguns bugs para os navegadores Firefox e Safari e outros específicos na plataforma Mac OSX.

Para testar a nova versão você pode utilizar o aplicativo das olimpíadas de Vancouver, como anunciado no Twitter oficial do JavaFX. Se sua empresa já utiliza o JavaFX e está preocupado com os plugins do Netbeans, a atualização já está disponível.

A versão 1.3 ainda é bastante aguardada, e mostrará se a plataforma JavaFX pode realmente competir com o Adobe Flex, que já está há muito tempo consolidado no mercado, ou mesmo se aproximar do Microsoft Silverlight. Uma das maiores promessas do JavaFX é o JavaFX Mobile, que pode ter uma adoção maior facilitada, dada a grande quantidade de dispositivos móveis que rodam aplicações Java, plataforma quase onipresente em celulares.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.