BT

Microsoft lançou Enterprise Library 5.0

por Abel Avram , traduzido por Andrew Kurauchi em 27 Abr 2010 |

Microsoft pattern&practices lançou o Enterprise Library 5.0, um conjunto de partes de aplicação que podem ser usados como blocos para construção de aplicações corporativas, representando um guia da Microsoft sobre como escrever boas aplicações. A biblioteca contém muitas melhorias, incluindo Unity 2.0, e suporte ao .NET 4.0.

Microsoft Enterprise Library 5.0 contém código fonte que pode ser usado como blocos para construção de aplicações corporativas. O código pode ser utilizado sem modificações ou ser adaptado ou extendido conforme a necessidade. A principal finalidade da biblioteca é orientar os desenvolvedores em como escrever um bom software. A biblioteca foi construída utilizando design patterns como Plug-in e Injeção de Dependências, as funcionalidades comuns foram encapsuladas na Enterprise Library Core, que usa convenções para nomenclatura e versionamento, e todos os blocos de aplicação são instrumentados e testes de unidade foram incluídos a partir da fase inicial de design.

A Enterprise Library contém os seguintes blocos de aplicação:

  • Caching - fornece cache local através de armazenamento em memória ou em banco de dados
  • Criptografia - fornece suporte à encriptação com múltiplos providers
  • Acesso a dados - fornece suporte para as funcionalidades mais usadas do ADO.NET como stored procedures, comandos SQL inline, gerenciamento de conexões, caching de parâmetros
  • Tratamento de exceções - oferece inúmeros tratadores para lidar com as exceções mais comuns: wrap, replace, logging, fault contract (WCF)
  • Logging - ajuda com formatação de mensagens de log e fornece uma variedade de destinos: evento, e-mail, banco de dados, fila de mensagens, arquivo de texto, WMI, cusmomizado
  • Policy Injection - ajuda a alterar o comportamento de objetos baseados em conceitos cross-cutting. É construído em Unity, um DI container.
  • Segurança - ajuda os desenvolvedores a lidar com questões de autorização e autenticação
  • Validação - fornece suporte para validar entrada vinda de outros usuários ou sistemas
  • Unity Dependency Injection and Interception - é um container de injeção de dependência que foi lançado inicialmente como um projeto independente (1.0) mas foi melhorado e agora incluído nessa biblioteca

Algumas das melhorias dessa versão da biblioteca em comparação com a anterior são:

  • a arquitetura foi refatorada para facilitar testes e manutenção
  • contém Unity, um DI container que pode ser substituído por outro escolhido pelo usuário
  • suporta configuração programática
  • possui acesso a dados assíncrono
  • incorpora mecanismos de validação WPF
  • melhora na performance de logging
  • suporta .NET 4.0

A biblioteca pode ser usada tanto em máquinas 32 bits quanto 64 bits mas não foi testado em Windows XP, o XP não foi mencionado na lista de sistemas operacionais suportados. Entretanto, Grigori Melnik não vê motivos para a biblioteca não ser usada no XP com .NET 3.5 ou .NET 4.0.

Melnik também menciona que a equipe do pattern&practices tentou preservar a compatibilidade com versões anteriores mas há algumas mudanças incompatíveis.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.