BT

Cenários e soluções para usar o Windows Azure

por Abel Avram , traduzido por Lucas Souza em 28 Abr 2010 |

Bill Zack, Arquiteto Evangelista da Microsoft, detalhou em uma apresentação online os cenários chave para usar o cloud e as soluções fornecidas pelo Windows Azure. Existem aplicações com um padrão de uso que as torna adequadas para o cloud, mas existem aplicações que o melhor é não serem implantadas em um cloud porque o proprietário acaba gastando muito tempo para rodá-las.

Workloads

  • On e Off – aplicações que são usadas esporadicamente durante determinados períodos de tempo durante o dia ou ano. Muitos batch jobs que rodam no final do dia ou do mês caem nessa categoria. Proporcionar a capacidade necessária para essas aplicações é mais caro que rodá-las em um cloud porque a maior parte do tempo a capacidade não é usada.
  • Crescimento rápido ou não rápido – um padrão de trabalho encontrado pelos iniciantes que não podem prever com exatidão o nível de sucesso de seu novo negócio e, consequentemente, a verdadeira capacidade que precisam. Iniciantes geralmente começam com pequenos aumentos de capacidade quando a demanda aumenta. Tais aplicações são adequadas para o cloud por que o cloud pode suportar o crescimento das necessidades rapidamente.
  • Crescimento imprevisível – isso acontece, por exemplo, quando a carga normal em um web server é temporariamente aumentada por uma valor muito alto, tão grande que o sistema não consegue lidar com o tráfego passageiro. Os proprietários devem fornecer capacidade suficiente para suportar essas cargas, mas eles não esperam esses picos de tráfego. Mesmo se eles antecipá-las, a capacidade adicional ficaria a maior parte do tempo sem uso. Este é um outro bom candidato ao cloud.
  • Crescimento previsível – a carga constatemente varia de uma maneira previsível ao longo do tempo. O proprietário pode comprar o equipamente e software necessário sem ter que depender de uma fornecedor de cloud.

Zack continua descrevendo cenários para computação, armazenagem, comunicações, deploy e administração com soluções fornecidas pelo Windows Azure.

Computation

  • Instâncias de aplicações On-demand – este padrão se aplica durante eventos especiais, quando os aplicativos precisam escalar rapidamente, e depois reduzir o escalonamento. Windows Azure suporta estas necessidades com gerenciadores web e worker roles automaticamente.
  • Distribuição Worker Role – este é usado quando trabalhos longos são feitos em pequenas partes, cada uma delas sendo associadas com um instância de Worker Role.

Armazenamento

  • Blob – Blobs são usados para armazenar grande quantidade de dados não estruturados.
  • Tables – uma solução não relacional para armazenar uma grande massa de dados.
  • DB – SQL Azure oferece uma banco de dados relacional no cloud.
  • Data Protection – Dados armazenados em um cloud pode ser encriptografados se eles contém informações confidenciais e tem-se que garantir que eles não serão descobertos. Windows Azure fornecerá esses serviços em um futuro próximo.
  • Information Service – Microsoft tem um dados de mercado que podem ser comprados ou vendidos por empresas.

Comunicação

  • Service-oriented Integration – Azure permite aplicações consumirem serviços fornecidos por outras aplicações. A solução integrada da Microsoft é WCF Web Services, worker roles são aptos a expor esses endpoints.
  • Mensageria – Mensageria é fornecido pela Windows Azure Queues para comunicação assíncrona entre web e os worker roles.
  • Mensageria através de Firewalls – Aplicações podem comunicar-se com outras através do Service Bus Queues que não exige que nenhuma porta adicional seja aberta.

Implantação

  • Could Deployment - Aplicações são implantadas no cloud usando serviços distintos e configuração de arquivos, e são empacotadas para as funções específicas. A web e os worker roles e seus tipos são definidos no arquivo de serviço, enquanto o arquivo de configuração de serviço contém os números de cada role.
  • Movendo aplicações On-Premise para o Cloud – enquanto isso não é viável para a maioria dos aplicativos, existem algums que podem ser portados como um simples site web ASP.NET
  • Ambientes misturados, On-Premise e o Cloud – Windows Azure fornece a possibilidade de combinar aplicações on-premises com serviços no cloud usando interfaces REST, acesso seguro ao SQL Azure, Service Bus e Access Control Service.
  • Aplicação Dual– aplicações podem ser projetados para funcionar tanto local quanto nas nuvens, mas o processo de design não é simples. Isto pode ser útil se a organização roda a aplicação em seus próprios servidores, mas usa a nuvem durante os picos como, por exemplo, na época do natal.
  • Security Federation – Windows Azure fornece este tipo de segurança através do Access Control Service.
  • SaaS – Aplicações implantadas em um cloud pode ser fornecidas também como serviços

Administração

  • Design para Operações – Windows Azure fornece uma API diagnosticar problemas e identificá-los ou monitorá-los.
  • Service Instance Management – instâncias do aplicativo podem ser iniciadas, interrompidas ou suspensas através de uma API ou através do portal Azure.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.