BT

Anunciado host de projetos da Eclipse Labs

por Alex Blewitt , traduzido por Rafael Marques em 17 Mai 2010 |

A Fundação Eclipse anunciou no dia 13 a criação do Eclipse Labs, um site para hospedagem de códigos voltado à projetos open-source para o ecosistema do Eclipse, porém não são hospedados no hardware da Fundação Eclipse.

Em conjunto com o Google, a Eclipse Labs hospeda uma instância do Google Project Hosting em http://www.eclipselabs.org/. O intuito do projeto é permitir que qualquer pessoa que esteja interessada em desenvolver plug-ins (ou OSGi bundles) tenha um local comum para hospedagem de projetos open source, ao invés de distribuir seus projetos em diversos hosts. Naturalmente, a licença padrão utilizada é a EPL, porém poderão ser escolhidas outras licenças open source; embora seja importante ressaltar que a licença GPL é incompatível com plug-ins que não possuem licença GPL - o que explica o fato de não haver projetos Eclipse ou OSGi sob a GPL.

Planos futuros incluem a possibilidade para os plug-ins declararem metadados sobre o local de atualização, de modo que possam ser incluídas no recém anunciado Eclipse Marketplace (antigo EPIC). Juntamente com o Cliente Eclipse Marketplace Helios, isto deverá tornar a instalação de plug-ins desenvolvidos pela comunidade mais fácil do que a forma padrão de instalação na plataforma Eclipse.

O Google anunciou o seu primeiro projeto a ser hospedado no Eclipse Labs - O “Workspace Mechanic”, cujo objetivo é possibilitar a sincronização de configurações entre diversos workspaces. Tendo sido utilizado internamente no Google à algum tempo, Robert Konigsberg explica os benefícios:

O Workspace Mechanic pode ser utilizado tanto para o uso de um único usuário quanto para modo enterprise para realizar manutenção de todos os seus ambientes no Eclipse.

Uma das coisas mais legais que adicionamos é um Gravador de Preferências, que pega as alterações nas preferências e as salva como tarefas que você poderá aplicar em todos os outros workspaces em seu computador.

Um outro a adotar o Eclipse Labs é o Wascana, uma solução fácil de utilizar para um ambiente CDT baseado no Windows com o MinGW baseado no gcc, tudo em um único pacote. Devido o gcc estar sob licença da GPL, ele não pode ser hospedado ou distribuido a partir do eclipse.org. Embora a maioria dos sistemas operacionais baseados em Unix já possuírem o gcc instalado, o fato do gcc não vir previamente instalado no Windows significa que o CDT possui mais obstáculos para rodar em ambiente Windows. Doug Schaefer, o líder do projeto Eclipse CDT e o criador do Wascana, acha que isso mudará o jeito que as coisas são:

Quando eu ouvi falar pela primeira vez do Eclipse Labs, eu estava animado com a idéia. Ter um site que centraliza a hospedagem, onde nós podemos juntar todos os projetos open source que não estão no site oficial do Eclipse é uma boa maneira de conquistar visibilidade para estes projetos e um grande incentivo para a criação de novos projetos.

Bem, hoje o Eclipse Labs é uma realidade. E como eu fui um dos beta testers dele, estou satisfeito em anunciar que eu movi a IDE Wascana Eclipse C/C++ para Windows para ele. Eu realmente batalhei com o Wascana no SourceForge, onde não havia muita movimentação, mas graças ao Eclipse Labs, ele deverá ajudar as pessoas a achá-lo e se afirmar na comunidade do Eclipse.

Agradeço ao Ian Skerrett e o Google por conceber o Eclipse Labs juntos. Como eu mencionei no blog a primeira vez que eu ouvi falar disso, isto vai mudar como as coisas se comportam. Eu mal consigo esperar para ver quais projetos irão aparecer por lá.

No momento, o Eclipse Labs suporta os mesmos sistemas de controle de versão do Google; SVN e Hg. O suporte ao Git no Google Code foi inicialmente descartada (embora muitos utilizam o Google code via git svn). A análise deles sobressaltou preocupações sobre a performance no HTTP no momento:

Enquanto haviam muitos DVCSs que nós poderíamos suportar, a nossa decisão em suportar o Mercurial foi baseado em duas razões principais. A primeira razão foi a nossa grande base de usuários existentes que utilizam o Subversion que querem utilizar um sistema de controle de versão distribuído. Segundo, dado que a infraestrutura do Google Code foi construído baseado em serviços HTTP, nós achamos que o Mercurial possuía as melhores características de protocolo e desempenho para suporte HTTP. Para maiores informações, veja a nossa análise.

Desde a nossa análise inicial, o git adquiriu o Smart HTTP Protocol, agora utilizado pelo Github e deverá ser lançado em um futuro próximo para os repositórios Git do Eclipse. Isto trás a mesma velocidade do protocolo do Git através de uma ligação HTTP, o que deve aliviar a preocupação. (Shawn Pearce, que trabalha no Google, é um committer nos projetos Git e EGit/JGit e desenvolveu o Smart HTTP Protocol.) Porém, até o suporte ao Git for adicionado para os sistemas de controle de versão suportados pelo Google, ele não estará disponível no Eclipse Labs.

E você? Irá mover os seus projetos baseados no Eclipse ou OSGi para o Eclipse Labs?

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.