BT

Microsoft anuncia novas Funcionalidade para o Windows Azure durante o TechEd 2010

por Abel Avram , traduzido por Pedro Mariano em 14 Jun 2010 |

A Microsoft anunciou o Windows Azure  Tool para o Visual Studio 1.2 (Junho 2010) no TechEd 2010. Algumas das mais importantes funcionalidades são: suporte ao .NET 4, suporte ao Visual Studio 2010 RTM, e o IntelliTrace debugging. A Microsoft também anunciou um plano de cobrançås para o Azure CDN, e novas opções para o SQL Azure.

Windows Azure Tools para o Visual Studio

O Windows Azure Tools para o Visual Studio possibilita ao desenvolvedor criar, fazer debug, executar, construir e fazer deploy de aplicações web e serviços diretamente do Visual Studio para o Windows Azure. O último pacote suporta tanto o Visual Studio 2008 quanto o VS 2010 RTM. Outra novidade é que os desenvolvedores poderão escrever aplicações para a cloud que utilizem o .NET 4.0 invés do .NET 3.5 que já era suportado em versões anteriores. A lista completa das novas funcionalidades incluem:

  • Total suporte ao Visual Studio 2010 RTM
  • Suporte ao .NET 4
  • Cloud storage explorer para fazer com que os desenvolvedores tenham mais controle de suas aplicações e facilitar a construção de serviços através de tabelas do Windows Azure através do Visual Studio Server Explorer.
  • Deploy integrado, possibilitando ao desenvolvedor publicar seus serviços diretamente Visual Studio apenas selecionando "Publish" do Solution Explorer.
  • Monitoramento dos serviços para auxiliar o gerenciamento das aplicações através do Server Explorer
  • Suporte ao IntelliTrace para serviços que rodam no cloud, simplicando o processo de debug através  da funcionalidade Ultimate IntelliTrace do Visual Studio 2010. Para mais informações verifique esse post.

Windows Azure CDN A Microsoft também anunciou o plano de cobrança para o Windows Azure CDN que começa no dia 30 de Junho:

  • $0.15 por GB de dados transferidos da Europa e America do Norte
  • $0.20 por GB de dados transferidos de outras localidades
  • $0.01 por 10.000 transações

O Windows Azure CDN está presente em 5 continentes, América do Norte, América do Sul, Europa, Ásia e Oceania.

Atualização automática do Guest OS

A API de Gerenciamento de Serviços e o portal do desenvolvedor foram reforçadops para possibilitar aos desenvolvedores a ter uma opção para que o Azure Guest OS seja automaticamente atualizado para a mais nova versão disponível.

SQL Azure

O limite para um banco de dados SQL Azure foi aumentado de 10GB para 50GB, possibilitando aos clientes guardarem mais dados. O SQL Azure agora suporte dados espaciais ou dados de localização, possibilitando operações de mapeamento.

A Microsoft também anunciou o prévia pública do Data Sync Service, que possibilita aos desenvolvedores decidir como distribuir os dados através dos múltiplos datacenters.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.