BT

Agile além do Software

por Dan Mezick , traduzido por Anderson Duarte Vaz em 02 Ago 2010 |

O Agile está ganhando força fora do trabalho tradicional de IT o qual ele é associado. A mudança está acontecendo rápido na tecnologia e nos negócios, e a abordagem empírica está se tornando mais e mais aceita como uma forma produtiva de gerenciar e responder a mudanças.

É possível verificar a utilização do Scrum em algumas empresas de investimento de capital de risco. A OpenView Partners, uma empresa de capital situada em Boston, está executando seus negócios usando uma versão do Scrum adaptada. A empresa tem Jeff Sutherland no time atuando como Conselheiro Sênior. E além de fazer funcionar a companhia e fazer a execução das decisões usando o Scrum, a OpenView vai além. Quando eles fazem um investimento, a companhia financiada deve utilizar uma versão adaptada do Scrum para organizar o trabalho. No artigo original "The New New Product Development Game", os autores Hirotaka Takeuchi e Ikujiro Nonaka descreveram como a companhia consegue ter mais autonomia, não menos. O artigo publicado em 1986 diz que:

Basicamente no dia a dia...o time é livre para planejar sua própria direção. Desta forma, os gerentes do alto escalão atuam como capitalistas de risco.

O interesse em usar Agile em domínios "não-TI" está crescendo. Em 2009, a conferência Agile teve várias sessões sobre Agile em domínios diferentes do de TI. Uma sessão chamada “Scrum in Church” (Scrum na Igreja) descreve como um ministro interino Unitariano usou o Scrum para organizar as igrejas e voluntários. Outra sessão no "Agile Practices at Home: Iterating with Children" (Práticas Ágeis em Casa: Interagindo com Crianças) descreveu como o Scrum pode ser usado para ensinar às crianças habilidades essencias como foco em comprometimento para organizar o trabalho de escola e atividades extra-curriculares. De fato, a iniciativa Scrum in Schools (Scrum nas Escolas) procura trazer as técnicas ágeis para escolas e professores, ao redor do mundo, trazendo a filosofia de agilidade para a consciência das crianças na fase escolar.

Mudanças rápidas nos negócios, provocadas por forças fortes como globalização estão mandando - ou ao menos tolerando - uma abordagem empírica.

Podem os governantes se beneficiarem por esperarem até o “último momento”?

Podem as burocracias até mesmo aprender a “falhar rapidamente”? Talvez.

Um outro indício dizendo que Agile fora de TI está ganhando força é o recente comportamento da Scrum Alliance. O slogan da Scrum Alliance por algum tempo tem sido “transformando o mundo do trabalho”. Agora, a organização, está executando um novo evento chamado "OpenSpace: Scrum Beyond Software Development" nos dias 25 e 26 de Setembro em Phoenix, Arizona. O propósito e a intenção? De acordo com a página promocional, é:

..esses dois dias de evento...serão uma colaboração interativa e caótica entre indivíduos apaixonados que buscam transformar o mundo do trabalho... e descobrirem o verdaderio potencial do Scrum ao lado daquelas bravas almas que ousam se aventurar além dos modelos tradicionais de trabalho... você irá começar a criar novas idéias e planos de ação junto com colegas de mesmo pensamento. Participantes terão a oportunidade de...implementar com sucesso Scrum em diferentes contextos.

Scrum, se não todo o Agile, parece estar ganhando mais e mais território previamente reservado para os modelos de trabalho planejados. Aparentemente, existe grande interesse em utilizar o Scrum em domínios "não-TI", interesse este que gerou um evento de 2 dias completos sobre o assunto. Aqueles que estão acostumados com práticas e treinamentos Agile estão empurrando o Scrum para além do desenvolvimento de Software. O que acontecerá em seguida pode ser surpreendente.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.