BT
x Por favor preencha a pesquisa do InfoQ !

Ehcache 2.2 suporta Terabyte Cache e autenticação LDAP

por Srini Penchikala , traduzido por Lucas Souza em 10 Ago 2010 |

A última versão do framework open source de cache, o EhCache, possuí suporte a terabyte cache e a Java Authentication and Authorization Service (JAAS) com integração com LDAP. O time de desenvolvimento do Terracotta anunciou na última semana a disponibilidade da versão 2.2  do Ehcache como parte da release 3.3 do Terracotta.  A nova versão incluí um console gerenciador que fornece visibilidade e controle do ambiente de execução de caching, para desenvolvedores e operadores.

A feature de caching usa uma nova estratégia de armazenagem que suporta caches com um grande número de entradas e nós. Este é um modo opcional que pode ser configurado por cache e habilitado com um novo atributo da tag <terracotta> chamado storageStrategy. A autenticação baseada em LDAP é usada para controlar o acesso de desenvolvedores e operadores ao gerenciamento do console. Esta feature de segurança requer a versão 1.6 do JDK, entretanto, utilizando uma versão mais antiga do Java não impedirá o uso de servidores do Terracotta de rodar, porém a segurança será desabilitada.

Outras novas features incluídas na última versão do Ehcache são:

  • Monitoramento: Este incluí o console de gerenciamento para caches distribuídos com novos painéis de controle para o Ehcache, Quartz Scheduler e Web Sessions, para visibilidade e controle da aplicação. Existe também uma view consolidada de eventos cluster-wide que permite aos times do operadores identificar problemas nos nós do cluster bem como diagnosticar erros e problemas de performance. O evento de monitoramente é entregue através de um Console de Eventos. Outra feature do console facilita mudanças dinâmicas  da topologia do servidor de cluster, forçando um reload automático das configurações sem parar o servidor.
  • Multi-Data Center Support: Existe um suporte customizado ao cache replicado entre clusters em diferentes regiões geográficas que permite um disaster recovery(DR) através de Wide Area Networks (WANs).
  • Common Runtime Library: Esta nova biblioteca de runtime reduz o uso de memória e de conexões de rede, além de fornecer novas constructs comuns ao desenvolvedor. Também disponibiliza uma API que os desenvolvedores podem usar para coordenar tarefas atrvés de múltiplas maquinas.
  • Nova Toolkit API: As bibliotecas clientes foram refatoradas para usar um jar comum e compartilhado (chamado terracotta-toolkit-1.0-runtime-1.0.0.jar) para clusterizar os casos principais. Isto reduz o número de L1-L2 conexões de socket e o uso do heap em aplicações que usam múltiplos tipos de clientes para fazer o caching. Ele também é usado para construções que podem ser usados em aplicações que incluem mapas concorrentes, locks, counters, queues, evictor e etc.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

Percebemos que você está utilizando um bloqueador de propagandas

Nós entendemos porquê utilizar um bloqueador de propagandas. No entanto, nós precisamos da sua ajuda para manter o InfoQ gratuito. O InfoQ não compartilhará seus dados com nenhum terceiro sem que você autorize. Procuramos trabalhar com anúncios de empresas e produtos que sejam relevantes para nossos leitores. Por favor, considere adicionar o InfoQ como uma exceção no seu bloqueador de propagandas.