BT

HTML5 ainda não está pronto para produção

por Abel Avram , traduzido por Herbertt Bamonde em 22 Out 2010 |

Phlippe Le Hégaret, um Líder de domínio da W3C que supervisiona o padrão HTML, considera que o HTML5 precisa passar por testes de compatibilidade entre os navegadores antes de entrar em produção. Enquanto novos adeptos utilizam animações 3D e videos feitos com HTML5, a maioria dos desenvolvedores provavelmente devem esperar até meados 2011 ou talvez 2012 quando o padrão ficará estável.

Em uma entrevista para InfoWorld, Le Hégaret disse que o HTML5 não está pronto para produção porque existe incompatibilidade entre browsers.

O problema que estamos enfrentando agora é que existe muita excitação pelo HTML5, mas é muito cedo para implantá-lo pois estamos correndo atrás de questões de interoperabilidade, incluindo diferenças entre video nos dispositivos. ... Eu não acho que está pronto para produção ainda, especialmente dado que a W3C ainda fará algumas alterações nas APIs. O real problema é que podemos  fazer [HTML5] funcionar entre os browsers e no momento, este não é o caso.

Ao invés lançar o HTML 5 agora do jeito que se encontra, Le Hégaret prefiriu ver os feedbacks:

Nesta fase os feedbacks da comunidade são muito importantes, pois asseguram que a especificação do HTML5 seja da mais alta qualidade.

Ele mencionou que o HTML5 é atualmente voltado para os "early adopters" (os primeiros a consumir lançamentos), os quais supostamente enviam os feedbacks:

O desafio apresentado pelo HTML5, o qual mencionei há um mês, é que precisamos testar, refinar e amadurecer os aspectos da especificação para suportar os pioneiros, os inovadores e os engenheiros que estão adotando esta tecnologia hoje.

Em uma entrevista para a InfoQ. Le Hégaret apontou para uma página de testes que exibe resultados de testes feitos com os principais browsers buscando encontrar  o grau de compatibilidade com o padrão HTML5. Enquanto o número de testes (97) é relativamente pequeno, 900 outros teste estão esperando serem aprovados, a página de testes já mostra que existe incompatibilidades entre browsers. O número de incompatibilidades, provavelmente, irá aumentar a medida que outros testes se tornarem padrões.

Ele considera que “nós precisamos continuar o trabalho nas especificações do HTML5 e aumentar substancialmente o número de testes que estamos fazendo em implementações já existentes,” afim de fazer do HTML5 um sucesso.

Embora exista diversos entusiastas em torno do HTML5, e os principais browsers investindo nisso, as presentes incompatibilidades aumentam o sinal de alarme que o HTML5 não está pronto para produção porque os desenvolvedores podem acabar no pesadelo dos anos 90, quando a Microsoft e a Netscape implementaram o HTML de diferentes maneiras. Consequentemente, planos para produção devem ser lançados para o segundo semestre de 2011 ou inicio de 2012 dado que o documento HTML5 Last Call está planejado para o fim do mês de maio de 2011. Isto deve trazer estabilidade ao padrão.

 

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML5 by Alexandre Lourenço

Acho muito importante essa questão de se preocupar com o padrão mesmo, deus me livre voltar ao inferno do maldito IE6 e afins!!!

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

1 Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.