BT
x Por favor preencha a pesquisa do InfoQ !

JBoss libera JBoss AS 6.0 GA

por Tim Cull , traduzido por Lucas Souza em 06 Jan 2011 |

Pouco antes do ano novo, a JBoss finalizou e liberou o JBoss AS 6 GA. A versão inclui melhorias no suporte ao Java EE 6, melhorias na utilização e configuração do JSF e upgrades ou mudanças para a maiorias das bibliotecas inclusas como Hibernate e caching.

As liberações anteriores do JBoss AS tinham uma única implementação do JSF pré-empacotada. No JBoss AS 4 era o MyFaces 1.1 enquanto que no JBoss AS 5 foi trocado pelo Mojarra 1.2. O resultado foi que desenvolvedores as vezes desejavam usar implementações alternativas e terminavam com muitas dores de cabeça devido à problemas de configuração e incompatibilidades. No JBoss AS 6 é permitido que os desenvolvedores especifiquem qual implementação de JSF desejam usar com uma única configuração. Por padrão, é utilizado o Mojarra 2.0, mas o desenvolvedor que quiser usar o Mojarra 1.2, por exemplo, pode adicionar uma configuração no seu web.xml:

<context-param>
   <param-name>org.jboss.jbossfaces.JSF_CONFIG_NAME</param-name>
   <param-value>Mojarra-1.2</param-value>
</context-param>

Isso exclui a necessidade de empacotar implementações alternativas no WAR da sua aplicação.

Após ser liberado, o JBoss AS 6 também passou a ser compatível com o Java EE 6 Web Profile. O que significa que os desenvolvedores que procuram um container compatível podem usar o JBoss para desenvolver aplicativos que usam apenas parte do Java EE 6 sem a necessidade de utilizar toda a pilha de espeficações dele. Isso inclui suporte ao desenvolvimento com Servlets através de anotações e suporte também ao processamento assíncrono de requisições nas Servlets. Fora o JBoss AS, apenas o GlassFish era oficialmente compatível com o Java EE 6, apesar de outros servidores de aplicação terem incluído suporte à algumas partes do Java EE 6 em suas implementações.

A JBoss também aproveitou a oportunidade para trocar sua implementação JBoss Cache pela Infinispan. O Infinispan é "extremamente escalável e altamente disponível" e não apenas um sistema de cache, mas também serve como uma plataforma de computação distribuída.

A versão do Hibernate suportada pelo JBoss foi atualizada para a versão 3.6.0, uma implementação compatível com a JPA 2.0. As melhorias da JPA 2.o incluem lock pessimista, a nova Criteria API, e outras melhorias.

Outras melhorias no JBoss 6 incluem a troca da google-collections pela Google Guava e a inclusão do RESTEasy, como implementação do JAX-RS para escrita de RESTful web services.

Enquanto a documentação do JSF foi toda atualizada no JBoss AS 6.0, a documentação de outros componentes permanecem referenciando a versão 5.0 do JBoss. Por isso os desenvolvedores tem que tomar um certo cuidado com a versão da documentação que estão seguindo.

E por último, os desenvolvedores podem ficar tranquilos, sabendo que, se realmente ficarem sem seus endereços IPv4, o JBoss corrigiu todos os problemas conhecidos com o IPv6.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

Percebemos que você está utilizando um bloqueador de propagandas

Nós entendemos porquê utilizar um bloqueador de propagandas. No entanto, nós precisamos da sua ajuda para manter o InfoQ gratuito. O InfoQ não compartilhará seus dados com nenhum terceiro sem que você autorize. Procuramos trabalhar com anúncios de empresas e produtos que sejam relevantes para nossos leitores. Por favor, considere adicionar o InfoQ como uma exceção no seu bloqueador de propagandas.