BT
x Por favor preencha a pesquisa do InfoQ !

Apache ServiceMix ganha primeira versão liderada pela FuseSource

por Fernando Ribeiro em 31 Mar 2011 |

A Fundação Apache lançou o Apache ServiceMix 4.3, a primeira versão após a transferência do projeto para a FuseSource no final de 2010. A Progress Software liderava o projeto desde a compra da IONA em 2008. O Apache ServiceMix é um ESB (barramento de serviços) de código aberto alternativo a produtos fechados como Progress Sonic ESB, Oracle Service Bus e IBM WebSphere ESB. Tem duas versões ativas, baseadas em tecnologias diferentes e desenvolvidas de forma paralela.

A versão 4.x do ServiceMix é baseada na plataforma OSGi, que permite que os aplicativos sejam instalados, atualizados ou removidos sem necessidade de reinicialização do container. A OSGi é a principal referência para a JSR 291, que substituirá o mecanismo de Classpath da plataforma Java.

Já o ServiceMix 3.x é baseado no padrão JBI (Java Business Integration), que não foi implementado por muitos fabricantes desde o seu lançamento em 2005. Um dos membros do PMC (comitê de gestão) do projeto, Jean-Baptiste Onofré, anunciou hoje que o ServiceMix 3 será descontinuado após a liberação da versão 3.4, prevista para o próximo final de semana.

A nova versão 4.3 do ServiceMix traz centenas de atualizações, correções e melhorias, especialmente nos projetos integrados ActiveMQ, Camel e CXF, que fornecem a funcionalidade básica do produto. O ServiceMix continua sendo o principal ESB da Fundação Apache, já que o Tuscany é ainda pouco usado. O Tuscany é baseado no padrão SCA (Service Component Architecture), que descreve um modelo de interoperabilidade entre aplicativos orientados a serviços.

Além da distribuição gratuita do ServiceMix, existe o FUSE ESB, uma distribuição comercial da FuseSource que vende assinaturas (de forma similiar à Red Hat), incluindo suporte técnico e uma ferramenta de gerenciamento. Segundo o roadmap do projeto, a próxima versão do ServiceMix será lançada até o final do primeiro semestre, com melhorias na integração com o Camel, entre outras mudanças.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

Percebemos que você está utilizando um bloqueador de propagandas

Nós entendemos porquê utilizar um bloqueador de propagandas. No entanto, nós precisamos da sua ajuda para manter o InfoQ gratuito. O InfoQ não compartilhará seus dados com nenhum terceiro sem que você autorize. Procuramos trabalhar com anúncios de empresas e produtos que sejam relevantes para nossos leitores. Por favor, considere adicionar o InfoQ como uma exceção no seu bloqueador de propagandas.