BT
x Por favor preencha a pesquisa do InfoQ !

Revisão do estatuto do OpenJDK abre caminho para o JDK 8

por Michael Floyd , traduzido por Wellington Pinheiro em 31 Mai 2011 |

[Ed.: Esta tradução foi adaptada pela Equipe Editorial do InfoQ Brasil]

Mark Reinhold apresentou em seu blog no dia 19 passado o segundo esboço (draft) público do Estatuto da Comunidade do OpenJDK, e a comunidade ainda aguarda uma versão final. Reinhold é o arquiteto líder do Grupo de Plataforma Java na Oracle e membro do conselho de administração interino que supervisiona a Comunidade OpenJDK. Como relatado pelo InfoQ.com em fevereiro, o projeto OpenJDK tem funcionado sem um estatuto definido. Esse estatuto é particularmente importante, porque sua publicação abre caminho para os trabalhos no JDK 8.

Em uma reunião do conselho em abril, Reinhold propôs iniciar o projeto seguindo procedimentos internos temporários, para ganhar tempo. Mas houve receio por parte dos membros do conselho, uma vez que a finalização do estatuto já está atrasada em vários meses. O vice-presidente do OpenJDK, Jason Gartner, escreveu na lista de discussão do projeto:

O novo Conselho de Administração está levando mais tempo do que o esperado para se estabelecer e, embora o progresso no estatuto seja mais lento do que o esperado, parece ser prudente concluir e homologar o estatuto antes de pedir aprovação do novo conselho para iniciar o projeto OpenJDK 8.

Por fim, decidiu-se que o projeto do JDK 8 poderia ser iniciado junto com a votação de homologação do estatuto, ao invés de esperar o seu término. Na mesma lista, Doug Lea escreveu:

...o conselho de administração se opôs ao uso das regras antigas para novos projetos, temendo que as revisões legais dessas regras se estendessem indefinidamente. Mas agora que definimos um cronograma para a aprovação, concordarmos que faz sentido submeter o JDK 8 às regras antigas por um período determinado.

No anúncio do nova versão do estatuto, Mark Reinhold escreveu em seu blog que nessa atualização a equipe tentou encaminhar todos os pareceres recebidos sobre a versão anterior. Uma questão que parece não ter sido respondida, no entanto, foi a crítica de Simon Phipps, afirmando que o conselho (do qual Phipps foi membro) é composto basicamente pela Oracle e pela IBM. De acordo com o nono draft do estatuto (o mais atual no momento de tradução), o conselho de administração é formado por cinco colaboradores:

  • O presidente, indicado pela Oracle;
  • o vice-presidente, indicado pela IBM;
  • o líder do OpenJDK, indicado pela Oracle; e 
  • dois membros gerais, indicados pelos demais membros.

Outros participantes se mostraram preocupados quanto à indicação de dois membros não envolvidos diretamente com a comunidade OpenJDK. Isso foi discutido em um FAQ sobre o Estatuto da Comunidade do OpenJDK, disponibilizado junto com o novo esboço:

É verdade que as posições de presidente e vice-presidente serão ocupadas por executivos que ainda não são ativos na Comunidade. Contudo, essas pessoas são responsáveis, nas suas respectivas empresas, por direcionar o esforço de centenas de engenheiros que contribuirão com a Comunidade. Também são responsáveis em suas empresas por distribuir produtos baseados em versões do JDK.

O conselho está recebendo comentários até o dia 2 de junho.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

Percebemos que você está utilizando um bloqueador de propagandas

Nós entendemos porquê utilizar um bloqueador de propagandas. No entanto, nós precisamos da sua ajuda para manter o InfoQ gratuito. O InfoQ não compartilhará seus dados com nenhum terceiro sem que você autorize. Procuramos trabalhar com anúncios de empresas e produtos que sejam relevantes para nossos leitores. Por favor, considere adicionar o InfoQ como uma exceção no seu bloqueador de propagandas.