BT

Xamarim obtém o direito de continuar com o Mono e produtos relacionados

por Abel Avram , traduzido por José Filipe Neis em 22 Jul 2011 |

O projeto Mono está de volta ao lugar onde nasceu. Miguel de Icaza e seu time, agora na Xamarin, obtiveram todos os direitos legais para dar continuidade ao Mono e aos demais projetos relacionados graças a um acordo com a SUSE, empresa que agora faz parte do The Attachmate Group.

O objetivo do anúncio realizado pela Xamarin na última semana, no qual a empresa declarava sua intenção de contratar consultores, ficou clara quando a SUSE, uma ex-divisão da Novell, anunciou um acordo com a Xamarin concedendo direitos irrestritos e perpétuos sobre toda a propriedade intelectual dos produtos Mono, MonoTouch, Mono for Android e Mono Tools for Visual Studio. Em troca, a Xamarim dará suporte aos clientes SUSE que utilizam produtos baseados em Mono. Além disso, a administração do projeto open source Mono também passa para as mãos da equipe de Icaza.

Ambos os lados saem ganhando com este acordo: a SUSE conseguirá honrar suas obrigações de suporte com atuais e futuros clientes que utilizam produtos Mono, enquanto a Xamarin pode continuar com o desenvolvimento do Mono e seus produtos relacionados sem o risco de ser processada no futuro.

Miguel de Icaza anunciou a Xamarin Store, uma loja virtual onde desenvolvedores podem comprar os produtos MonoTouch for iOS e Mono for Android. Além disso, a Xamarim vai assumir o controle do MonoDevelop e dos demais projetos relacionados ao Mono no GitHub.

Em paralelo, um novo roadmap está sendo definido para o MonoTouch e para o Mono for Android. As prioridades imediatas são a correção de bugs e o desenvolvimento de itens solicitados por clientes. Em seguida será iniciado o trabalho de incorporar ao MonoTouch e ao Mono for Android o código desenvolvido pela Xamarin nos últimos 2-3 meses. Jerry Stedfast, um dos desenvolvedores do Mono, declarou que o merge do código já foi iniciado:

Nós voltamos a trabalhar no código fonte original do MonoTouch e do Mono for Android, mas ainda faremos o merge de coisas que fizemos melhor no xtouch/xandroid no MonoTouch e no Mono for Android, respectivamente (para as versões MonoTouch 5.0 e Mono for Android 2.0).

No médio e longo prazo, a Xamarin planeja prover, entre outras coisas, suporte ao iOS 5, programação assíncrona com C#, MonoGC para iPhone e interoperabilidade com C++, além de uma API multiplataforma que permita rodar o mesmo código nos principais sistemas operacionais móveis: iOS, Android e Windows Phone 7.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.