BT
x Por favor preencha a pesquisa do InfoQ !

Google App Engine 1.5.2: Foco em Controle e Monitoramento

por Rafael Nunes em 01 Ago 2011 |

No último dia 21 de julho foi lançado o release 1.5.2 do Google AppEngine SDK, com mudanças importantes, apesar da pequena variação no número de versão. 

Tudo indica para a consolidação do novo modelo de cobrança anunciado no Google I/O em maio. Esta mudança gerou certo barulho na comunidade de desenvolvedores, pois a cobrança passava a ser feita não mais por CPU/hora, mas por instância/hora, com o agravante de ser o próprio AppEngine quem controlava a criação e destruição das instâncias. 

A versão 1.5.2 do SDK vem para apaziguar os ânimos com relação à cobrança, implementando o que foi mais solicitado pelos desenvolvedores: uma forma de gerenciar as próprias instâncias, decidindo quando e quantas instâncias serão iniciadas por uma aplicação. A funcionalidade já pode ser testada na página de administração da sua aplicação em appengine.google.com.

Conheça outras implementações importantes na nova versão:

  • Advanced Query Planning: O próprio SDK irá sugerir a criação de índices otimizados para suas entidades
  • Namespaced Datastore Stats: Agora, além de poder analisar estatísticas de query no Datastore da sua aplicação como um todo, será possível analisar também estatísticas para cada uma das "Namespaces" criadas.
  • Task Queue Details Page: A página de administração de filas do task queue foi otimizada para exbibir mais detalhes (e com maior precisão) sobre a execução e o consumo das filas, e também das operações executadas anteriormente.
  • Pull Task Size: O tamanho máximo das tasks adicionadas ao seu task queue foi aumentado para 1Mb
  • Todas as aplicações que usam o High Replication Datastore passam a ter acesso ao runtime da linguagem Go.

Todas as modificações e correções de bugs desta versão podem ser acompanhados pelos release notes das plataformas Python e Java.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

Percebemos que você está utilizando um bloqueador de propagandas

Nós entendemos porquê utilizar um bloqueador de propagandas. No entanto, nós precisamos da sua ajuda para manter o InfoQ gratuito. O InfoQ não compartilhará seus dados com nenhum terceiro sem que você autorize. Procuramos trabalhar com anúncios de empresas e produtos que sejam relevantes para nossos leitores. Por favor, considere adicionar o InfoQ como uma exceção no seu bloqueador de propagandas.