BT

PhoneGap chega à versão 1.0, expandindo o desenvolvimento multiplataforma para mobile

por Rodrigo Urubatan em 03 Ago 2011 |

Durante o evento PhoneGap Day, no final de julho, em Portland (EUA), foi anunciada a versão 1.0 do PhoneGap, um framework de código aberto para desenvolvimento de aplicações móveis com suporte a sete das principais plataformas mobile no mercado e suas lojas virtuais.

O PhoneGap possibilita criar e publicar aplicações para iOS, Android, Symbian, Windows Mobile, WebOS, BlackBerry OS e Bada (e em breve Windows Phone), através de tecnologias como HTML, CSS e JavaScript. O framework cria uma aplicação nativa para o dispositivo móvel, permitindo acesso a recursos nativos como GPS ou acelerômetro.

Baixado cerca de 40 mil vezes por mês, o PhoneGap já contabilizou mais de 600 mil downloads. Entre os destaques deste release em relação a versões beta já em uso, estão:

  1. Aumento de estabilidade da API e uma arquitetura “plugável” pemitindo a criação de extensões a API quando necessário.
  2. Compatibilidade com a API de acesso a dados definida pelo W3C
  3. API de manipulação de contatos
  4. Ferramentas para depuração remota

Além destes destaques, o framework disponibiliza uma API unificada para desenvolvimento de aplicações em todas as plataformas suportadas. Entre os recursos oferecidos via APIs, estão:

  1. geolocalização, permitindo consulta instantânea e notificação quando a posição é alterada.
  2. recursos multimídia, permitindo captura e reprodução de áudio, vídeo e fotos
  3. integração com o sistema notificações e o sistema de avisos do dispositivo
  4. storage, simulando um banco de dados SQL ou utilizando o próprio SQLite quando disponível
  5. local storage, que facilita o armazenamento local de configurações ou poucos dados, no estilo "chave=valor"
  6. acesso a informações sobre o dispositivo, como estado da conexão, modelo e eventos do ciclo de vida da aplicação.

A release 1.0 também inclui uma nova forma de implementação que tornará mais fácil a adição de novas plataformas em futuras versões.

O PhoneGap já está sendo utilizada por grandes empresas. A Adobe, por exemplo, integrou o framework ao DreamWeaver, tornando possível criar aplicações PhoneGap e testar em emuladores iOS e Android diretamente a partir do editor. Também existe um acordo entre a Apple e equipe do PhoneGap, que permite a publicação de aplicações desenvolvidas com o framework na Apple App Store.

Para as próximas versões, está planejado o suporte a outras plataformas e novas APIs, para acesso a funcionalidades como calendário, websockets e criptografia, entre outras. Mais detalhes sobre o projeto e os planos da equipe podem ser conferidos no roadmap.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.