BT

Dor de cabeça com APIs web: mais regra do que exceção

por Jean-Jacques Dubray , traduzido por Reinaldo Braga em 30 Ago 2011 |

[Esta tradução foi otimizada pela equipe editorial do InfoQ Brasil]

Adam DuVander, do blog Programmable Web, publicou recentemente pesquisa sobre o uso de APIs. Nela, foram levantados alguns dos maiores problemas que os desenvolvedores encontram ao utilizar APIs na web, incluindo as mais populares, como as dos Google, Twitter e Facebook. Alguns resultados reportados:

A API do Facebook foi mencionada muito mais que as outras nas respostas sobre dores de cabeça, histórias de horror, e outros problemas de integração. Outras mencionadas com frequência foram as do Google e do Twitter. Essas três APIs são as mais populares dentre os desenvolvedores, mas há lições aprendidas se forem examinados em detalhe os resultados da pesquisa.

Em linha similar, a startup de integração de APIs, Trove, promoveu pesquisa para levantar o custo da integração e manutenção das APIs, e publicou sobre os resultados em seu blog:

Os fornecedores de APIs não estão tratando bem os desenvolvedores. A documentação é ruim, há problemas com serviços como o OAuth, acontecem mudanças nas APIs de maneira desordenada e sem aviso antecipado. E não há nada parecido com os padrôes de mercado, apenas boas práticas que podem ser contornadas por qualquer um. Como desenvolvedores, construímos nossa subsistência em cima dessas APIs e merecemos mais do que estamos recebendo.

Os maiores problemas reportados foram má documentação, tratamento de erros ausente ou limitado, falta de código de exemplo e de ambiente de testes, além de mudanças frequentes nas APIs.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.