BT

MongoDB 2.0 ganha novo serviço de monitoração em nuvem

por Rafael Nunes em 29 Set 2011 |

Foi anunciado o MongoDB Monitoring Service (MMS), um novo serviço de monitoração no modelo SaaS (Software as a Service) para instâncias do MongoDB, o banco noSQL orientado a documentos, da 10Gen. A proposta do serviço é exigir o mínimo de configuração por parte dos usuários, e ainda assim disponibilizar uma monitoração de desempenho abrangente, incluindo detalhes sobre a utilização de recursos, disponibilidade, e tempos de resposta de instâncias do MongoDB.

O serviço é composto de uma interface web que se conecta aos agentes das instâncias do MongoDB. Diferentemente de ferramentas de monitoração genérica, o MMS consegue extrair dados mais precisos e informações específicas do MongoDB. O serviço MMS é gratuito e já está disponível para todos os usuários da ferramenta.

Lembrando que o novo release 2.0 MongoDB foi lançado há poucas semanas, com as seguintes melhorias e implementações:

  1. Melhoria no processo de concorrência: Em certas operações (atualização por id, remoções e longas iterações de cursores), o servidor irá evitar a escrita de locks, quando os dados não estiverem em memória e for necessário o acesso a disco rígido,
  2. Melhoria no tamanho e na performance dos índices: houve ganho de aproximadamente 25%, tanto em diminuição do tamanho quanto aumento de desempenho, na criação e execução de índices. (Se houver índices criados em versões anteriores do MongoDB, será necessário a reconstrução dos índices para que se beneficiem destas melhorias.)
  3. Journaling: Para plataformas de 64bits, o sistema de journaling será habilitado por padrão, e será comprimido para permitir commits mais rápidos no disco. Agora o intervalo entre commits (100 ms por padrão) pode ser redefinido através de parâmetros de configuração.

Todas as novas implementações do MongoDB podem ser vistas nos release notes. E é possível começar a usar o serviço de monitoração por aqui.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.