BT

Microsoft anuncia Windows Management Framework 3.0 CTP1

por Jeff Martin , traduzido por Mário Henrique Trentim em 18 Out 2011 |

A Microsoft anunciou o primeiro Community Technology Preview (CTP) do Windows Management Framework 3.0, um conjunto de ferramentas para apoiar o gerenciamento das plataformas Windows 7, Windows Server 2008 e a futura plataforma Windows 8, com suporte às atuakizações mais recentes. O framework possui os componentes Windows PowerShell 3.0, WMI (Windows Management Instrumentation) e WinRM (Windows Remote Management) e já está incluído na versão de testes para desenvolvedores (developer's preview) do Windows 8. (Versões anteriores do Windows não são suportadas, nem a versão IA64 do Windows Server R2.)

O PowerShell 3.0 traz uma série de novas tecnologias, incluindo workflows, "sessões robustas" (robust sessions), agendamento de trabalhos e administração delegada. Em mais detalhes:

  • Os workflows permitem que o administrador crie tarefas, que podem ser executadas tanto em sequência quanto em paralelo, através de múltiplos computadores ao mesmo tempo.
  • As sessões robustas permitem conectar-se a um computador remoto, iniciar a execução de comandos e desconectar-se. Esses comandos continuarão a ser executados no computador remoto, e o usuário pode se reconectar posteriormente a partir de sua máquina cliente para monitorar o status ou verificar os resultados.
  • O agendamento de trabalhos (jobs) permite executar operações em datas futuras ou periodicamente. Os resultados são armazenados em um repositório do usuário para posterior verificação, utilizando uma sessão do Windows PowerShell.

O novo framework trazido pela versão CTP 1 acrescenta várias funcionalidades ao WMI. Deixa de ser dependente da API COM, o que simplifica o desenvolvimento e permite o uso de outras linguagens. Consequentemente, os cmdlets do PowerShell podem agora ser escritos em código nativo (C/C++). A nova versão também introduz uma nova API para gerenciamento de infraestrutura no lado do cliente, que permite a aplicações Windows gerenciarem computadores não-Windows. Essa nova API está disponível tanto para C/C++ quanto para .NET.

A infraestrutura para WinRM também recebeu melhorias. Além do suporte a sessões robustas, a Microsoft afirma que as conexões estão mais tolerantes a falhas de comunicação e a problemas de intermitência. Caso os problemas de comunicação da rede persistam, a sessão remota é capaz de continuar ativa mesmo que o cliente desconecte. Dessa forma, quando os problemas forem resolvidos, o usuário remoto pode utilizar as funcionalidades da sessão robusta para reconectar.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.