BT

Novidades no webOS: Enyo 2.0 open source; mais compatibilidade e ferramentas

por Abel Avram , traduzido por Eder Ignatowicz em 27 Jan 2012 |

A HP divulgou recentemente mudanças que buscam ampliar o alcance do webOS: a adoção do kernel padrão do Linux, o porte do framework de desenvolvimento Enyo para os principais navegadores web e a liberação do Enyo 2.0 como open source.

O Enyo é um framework JavaScript orientado a objetos, criado inicialmente para o webOS e o WebKit, que foi retrabalhado para permitir execução nos browsers Chrome, Safari, Internet Explorer e Firefox, tanto nas suas versões desktop quanto mobile. Na versão 2.0, o kit de interfaces gráficas (UI kit) foi temporiamente retirado, pois necessitará de mais tempo para execução em todos os browsers; mas está prevista sua inclusão dentro de um mês.

A filosofia do Enyo é possibilitar o desenvolvimento de grandes aplicações baseadas na arquitetura de componentes. Vários exemplos mostrando o código e os resultados no browser podem ser acessados em Enyo Samples. O núcleo das funcionalidades do Enyo cabe em um arquivo zip de 13 KB. O tamanho reduzido torna o framework uma boa opção para o desenvolvimento mobile.

Aplicações baseadas no Enyo podem tamém ser executadas nativamente em iOS, Android e WP7, através do PhoneGap, conforme demonstrado neste exemplo. Outro exemplo foi criado por um desenvolvedor independente, que portou a aplicação Paper Mache para o Android e a publicou no Android Market.

A HP detalhou também os próximos passos para o webOS:

  • O lançamento de uma distribuição do WebKit com suporte a HTML5 (incluindo Canvas e texturas 3D), Flash e Silverlight, e com suporte a interfaces gráficas multi-toques.
  • O webOS passará a usar o LevelDB, um banco de dados NoSQL, embutido e open source do Google.
  • O Ares 2 suportará o Enyo 2. O Ares é uma IDE baseada no browser, para desenvolvimento de aplicações para o webOS e com suporte a funções de arrastar e soltar.

Em 9 de dezembro de 2011, a HP comunicou que abriria o código do webOS. E recentemente detalhou o plano geral de lançamentos para os próximos meses. O Open webOS 1.0, o primeiro release estável do webOS open source, está previsto para lançamento em setembro deste ano.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.