BT

Empreendedorismo: Dicas para planejar experimentos inovadores

por Marta Jasinska , traduzido por Reinaldo Braga em 25 Jun 2012 |

Na semana passada, os seguidores do blog Harvard Business Review puderam conhecer dicas sobre como realizar experimentos inovadores bem-sucedidos de Vijay Govindarajan, professor de Negócios Internacionais na Escola Tuck de Negócios, em Dartmouth e coautor do livro Reverse Innovation. Vijay é o terceiro na mais recente lista da Thinkers 50, relação dos pensadores mais influentes no mundo dos negócios.

O vídeo foi postado como parte da iniciativa "Management Tip" (Dica de Gestão) da Harvard Business Review. Na apresentação, Govindarajan fala sobre a importância da inovação nas empresas, independentemente do seu tamanho ou perfil, e cita a possibilidade de fracasso como um fator que previne muitos gerentes de apoiarem a inovação. Explica ainda que, com base em sua experiência, "o fracasso não é o inimigo (...) o verdadeiro inimigo é o fracasso que se prolonga".

Govindarajan acredita que o planejamento, a disciplina e uma abordagem pragmática podem levar a experimentos baratos e rapidamente verificáveis, que ajudam as empresas a "gastarem pouco e aprenderem muito". As dicas que recomenda formam um os passos de um processo que, segundo ele, levaria ao sucesso; de experimentos de baixo custo e prontamente validados:

  1. Listar as incógnitas;
  2. Classificar o nível de incerteza e de importância para cada uma das incógnitas;
  3. Listar as incógnitas mais críticas primeiro, criando um ranking;
  4. Encontrar maneiras de baixo custo de testar hipóteses e verificá-las na ordem do ranking.

Govindarajan mantém a sua apresentação em um nível geral, para torná-la relevante para diferentes empresas e equipes. A palestra repercutiu bem tanto com a área técnica, quanto com as comunidades empresariais.

Para saber mais sobre os pontos de vista de Govindarajan sobre inovação, recomendamos a leitura de um post recente de Govidarajan. Criado juntamente com Mark Sebell da Creative Realities, o texto dá mais detalhes sobre os fatores proibitivos para criar uma equipe de inovação. E para saber mais sobre o livro do palestrante, ouça a entrevista de Moe Abdou no site do 33voices.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Na prática a teoria é outra by Bruno Silva

Pois é, as pessoas gostam de inovação na teoria, e não querem encarar que na prática ela é "assustadora" pois se encontra fora de nossa zona de conforto.

"If at first an idea isn't absurd, there's no hope for it."
Albert Einstein

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

1 Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.