BT
x Por favor preencha a pesquisa do InfoQ !

ACM premia o Eclipse com Software System Award

por Charles Humble , traduzido por Paulo Vitor Rendeiro em 04 Jun 2012 |

A Associação para Maquinaria da Computação (ACM) anunciou no dia 26 de Abril que o Eclipse, devido as suas contribuições para conceitos de projeto de software e aceitação de mercado, é o mais novo vencedor do Prêmio de Sistema de Software(Software System Award), que é destinado a instituições ou indivíduos reconhecidos por desenvolver sistemas de software com influência duradoura. Segundo o comunicado à imprensa:

Concebido para preencher as lacunas deixadas pelas ferramentas de software proprietário, o Eclipse permitiu que desenvolvedores integrassem, de forma harmoniosa, suas próprias extensões, especializações e personalizações. O Eclipse revolucionou o conceito de Ambiente de Desenvolvimento Integrado (IDE) por identificar a essência conceitual subjacente a qualquer IDE.

O apoio financeiro para o Prêmio de Sistemas de Software é fornecido pela IBM, mas a ACM é uma organização completamente independente. O prêmio, que é muito prestigiado, conta com uma lista ilustre de antigos vencedores, incluindo Eiffel (2006), Java (2002), Apache (1999), NCSA Mosaic (1995), a World Wide Web (também em 1995), assim como PostScript (1989), Smalltalk (1987), e UNIX (1983).

A equipe do Eclipse da IBM incluía John Wiegand, Dave Thomson, Gregory Adams, Philippe Mulet, Julian Jones, John Duimovich, Kevin Haaland, Stephen Northover (atualmente na Oracle), e Erich Gamma (atualmente na Microsoft). Escrevendo em seu blog, o diretor executivo da Fundação Eclipse, Mike Milinkovich, disse:

É muito importante o reconhecimento das contribuições feitas pelo Eclipse para a Computação. Entre os anos de 1999 e 2001, época em que o Eclipse foi criado e disponibilizado, a idéia de que era possível construir uma plataforma de ferramentas cuja arquitetura fosse completa e uniformemente modular era revolucionária. Em muitos aspectos esta ideia é inovadora, mesmo nos dias de hoje,. O modelo de plugins do Eclipse (posteriormente adaptado para inclusão no padrão OSGi) possibilitou a construção da maior e mais aberta plataforma de ferramentas do mundo. O Standard Widget Toolkit (SWT) provou ao mundo, no ano de 2001, que era possível construir interfaces de qualidade utilizando Java e competir de igual para igual na plataforma Windows com o Visual Studio.

De acordo com Milinkovich, o Eclipse também teve grande impacto no movimento open source, pois "demonstrou que até mesmo empresas grandes e conservadoras passaram a compreender o valor de negócio na formação de plataformas e comunidades open source".

Atualmente, a IBM utiliza o Eclipse em mais de 500 produtos, incluindo muitas das ferramentas da Rational como o Rational Application Developer para WebSphere e o Rational Asset Manager, bem como ferramentas no modelo cliente-servidor, como o Lotus Notes 8 e o Lotus Symphony. Existe ainda uma série de empresas desenvolvedoras de software que construíram seus produtos baseados na plataforma Eclipse, entre eles a Adobe com o Flash Builder e o ColdFusion Builder, a Red Hat com o JBoss Developer Studio, a SAP com o NetWeaver Developer Studio, a VMware com o SpringSource Tool Suite, a Wolfram Research com o Wolfram Workbench (uma IDE baseada em Eclipse para o pacote Mathematica), e a Zend Technologies com o Zend Studio (uma IDE para desenvolvimento em PHP).

Mais informações sobre a história do Eclipse podem ser encontradas aqui no InfoQ Brasil.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

Percebemos que você está utilizando um bloqueador de propagandas

Nós entendemos porquê utilizar um bloqueador de propagandas. No entanto, nós precisamos da sua ajuda para manter o InfoQ gratuito. O InfoQ não compartilhará seus dados com nenhum terceiro sem que você autorize. Procuramos trabalhar com anúncios de empresas e produtos que sejam relevantes para nossos leitores. Por favor, considere adicionar o InfoQ como uma exceção no seu bloqueador de propagandas.