BT

JBoss EAP 6: Java EE 6 completo, deploy em cloud e mais

por Bienvenido David III , traduzido por Eder Magalhães em 10 Jul 2012 |

A Red Hat lançou recentemente o JBoss Enterprise Application Platform (EAP) 6, que torna a plataforma de desenvolvimento JBoss apta para o desenvolvimento em nuvem. A partir dessa versão, as aplicações em Java desenvolvidas com o EAP podem ser implantadas em clouds públicos ou privados, através do OpenShift, o PaaS (Platform as a Service) oferecido pela Red Hat. A plataforma também disponibiliza o servidor de aplicações JBoss compatível com Java EE 6 e novas ferramentas para aumentar a produtividade durante o desenvolvimento.

O JBoss EAP é uma plataforma para desenvolvimento de aplicações Java, integrada a outros produtos da Red Hat. É baseada em código aberto e tem enfoque em simplificar o desenvolvimento de aplicações corporativas. O EAP 6 é formado pelo JBoss Application Server (AS) 7.1, o JBoss Developer Studio 5.0, o JBoss Web Framework Kit 2.0 e opcionalmente o JBoss Operation Network (ON) 3.1. A plataforma é distribuída sob um modelo de assinatura contando com certificação, pacotes de atualizações/correções e nível de serviço coberto com SLAs.

JBOSS AS 7.1

O JBoss AS 7.1, o servidor de aplicações incluído na plataforma, conta com várias melhorias:

  • Aderência ao Java EE 6. A partir dessa versão o JBoss AS tornou-se um servidor de aplicações completamente compatível com as especificações da plataforma Java EE 6. O objetivo da plataforma Java EE 6 é simplificar o desenvolvimento de software implementando técnicas como o suporte a injeção de dependências, o uso de anotações para mapear configurações, suporte a POJOs e integração via REST;
  • Inicialização rápida. A inicialização dos serviços primários do servidor ocorrem de forma simultanea, enquanto os serviços não críticos permanecem passivos; ou seja, são carregados na primeira utilização. Devido a essas e outras mudanças o AS teve seu tempo de carregamento reduzido para menos de 3 segundos;
  • Núcleo modular. O JBoss AS 7 utiliza o JBoss Modules, um mecanismo que proporciona o isolamento de aplicativos (interfaces e implementação) e ajuda a evitar conflitos durante o carregamento das classes. Para melhorar o desempenho, as classes também são carregadas simultaneamente. E o suporte a OSGi está disponível, sendo desenvolvido em uma camada acima do JBoss Modules;
  • Redução no uso de memória. O JBoss AS 7 tem uma abordagem agressiva para o gerenciamento de memória, para minimizar pausas acarretadas pelo garbage collector. Perfis de servidor podem ser utilizados para eliminar recursos desnecessários, reduzindo o uso de memória.
  • Melhor administração. As configuração do JBoss AS 7 são centralizadas e voltadas para o usuário. O mesmo arquivo de cofiguração pode ser utilizado para múltiplos servidores no domain mode (várias instâncias, com um ponto de controle), com suporte à implantação em várias instâncias do mesmo domínio. Ainda é possível modificar as configurações do JBoss AS diretamente no arquivo XML. Mas é possível administrar o servidor através uma aplicação na web ou uma ferramenta de linha de comando;
  • Arquillian. Por fim, foi adicionado suporte ao projeto Arquillian, que torna possível a execução de testes unitários e integrados dentro do servidor de aplicações.

Várias outras melhorias foram implementadas no servidor. O InfoQ Brasil publicou uma notícia descrevendo em detalhes as funcionalidades e características do JBoss AS 7.

JBoss Developer Studio Portfolio Edition 5.0

O JBoss Developer Studio Portfolio Edition é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) baseado no Eclipse, para o desenvolvimento com tecnologias enterprise. O JBoss Developer Studio conta com uma série de plugins que simplificam o desenvolvimento com tecnologias como Hibernate, Seam, RichFaces, jBPM, Drools e outras. A distribuição com JBoss EAP 6 proporciona também a integração maior com algumas ferramentas, incluindo Maven e Hudson/Jenkins.

JBoss Web Framework Kit 2.0

O JBoss Web Framework Kit tem o objetivo de simplificar o uso de tecnologias populares, de código aberto, para a construção de aplicações em Java. O kit reúne frameworks e ferramentas para o desenvolvimento de aplicações web e mobile. No JBoss EAP 6 foram incluídas outras tecnologias como RichFaces 4.2, JBoss Snowdrop 2.0 e Hibernate 4.1. Além disso, o Apache Struts 2.3, Spring 3.1/3.0/2.5 e Google Web Toolkit 2.4/1.7 foram certificados pelo JBoss EAP 6.

JBoss Operations Network 3.1

O JBoss ON é uma plataforma de gestão que fornece monitoramento, provisionamento e recursos sofisticados para o gerenciamento de aplicativos desenvolvidos com o JBoss EAP. O objetivo da ferramenta é simplificar a gestão de novas funcionalidades e a distribuição de novas versões de projetos.


Os usuários da versão anterior, o JBoss EAP 5, podem realizar a atualização seguindo as orientações do guia de atualização para JBoss EAP 6.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.