BT

0.1x: os verdadeiros desenvolvedores produtivos?

por Leandro Guimarães em 05 Set 2012 |

A comparação da produtividade de desenvolvedores e times é tema constante de estudos e controvérsias na área de desenvolvimento de sistemas. Desde a década de 60, diversos estudos comparam a relação entre a produtividade de programadores e seu nível de experiência. Esta diferença pode ser analisada sob diversos prismas tais como: tempo de codificação, tempo gasto com debug e velocidade de execução do programa implementado. Segundo estes critérios, estes estudos apontaram que programadores mais produtivos apresentam uma produtividade 25 vezes superior a um profissional de qualidade inferior.

Ao longo do tempo, diversos estudos referentes a este tema foram realizados e os resultados, de maneira geral, apresentaram uma diferença sempre em torno de 10:1, ou seja, os melhores desenvolvedores eram 10 vezes mais produtivos do que os piores desenvolvedores. Estes resultados inspiraram a criação do termo "Desenvolvedor 10X".

Esta denominação tem ganhado força e destaque recente, como por exemplo, em diversos artigos, posts e palestras que abordam temas referentes a formação de desenvolvedores 10x.

Vivek Haldar, desenvolvedor indiano e PhD na Universidade da Califórnia, traz uma visão diferenciada em um post no seu blog. Para Vivek, é um mito e uma falácia a visão de que um desenvolvedor pode ser 10 vezes mais produtivo que a média.

As pessoas costumam pensar que os desenvolvedores 10x podem produzir toneladas de código em um curto período de tempo ou construir sistemas robustos do zero. Isso pode até ser verdade, mas é somente um efeito colateral e não a causa raiz de sua produtividade.

Para contrapor o mito do 10x, o autor do post cunha o termo desenvolvedor 0.1x, afirmando inclusive, que é este o perfil que deve ser valorizado pelos profissionais responsáveis pela contratação de talentos. Segundo Haldar, o grande segredo dos profissionais altamente produtivos baseia-se no fato de serem capazes concentrar seus esforços em 0.1% da solução que apresenta o maior impacto no resultado final.

Mais do que isso, o autor defende que o grande diferencial deste tipo de profissional está em sua capacidade de identificar pontos especiais do projeto, onde o profissional 0.1x deva atuar:

O que os torna especiais é sua habilidade em identificar o que seria esse décimo. (...) Isto costuma exigir além de profundo conhecimento técnico, um alto nível de conhecimento nas entranhas dos problemas relacionados ao negócio.

O post gerou algumas discussões interessantes em seus comentários. Foram levantados pontos como por exemplo a opinião de que empresas não buscam desenvolvedores 10x pois não são capazes de oferecer uma remuneração 10 vezes superior a média. Em um outro comentário, o leitor diz que este perfil de profissional só é encontrado em pequenas empresas, caracterizadas por uma menor burocracia e desafios ambiciosos.

Independentemente da denominação, é consenso que um desenvolvedor altamente produtivo (10x ou 0.1x) é um profissional altamente eficiente e cuja habilidade extrapola o conhecimento técnico ou a resolução técnica de um problema específico.

Você concorda com essas classificações 10x e 0.1x? Em qual delas você se enquadraria? Quais seriam os grandes diferenciais, em sua opinião, de desenvolvedores altamente produtivos?

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Cuidado com o título da minha apresentação by Luca Bastos

Obrigado pela citação da minha apresentação do Agile Brazil 2011.

Como pode ser visto no meu vídeo, não sei como medir e comparar a produtividade de programadores para dizer que um valha 10 vezes o outro. Aliás nem acho que escrever código seja a coisa mais importante em um projeto e que o termo programador realmente defina alguém que seja capaz de entender, fazer, validar e medir software funcionando em uso pelo cliente. Prefiro usar o termo desenvolvedor porque me parece mais comprometido com o produto como um todo do que simplesmente com código,

Re: Cuidado com o título da minha apresentação by Leandro Guimarães

Olá, Luca! Antes de mais nada, é um grande prazer, e uma honra, saber que você leu um texto que escrevi, ainda que seja uma simples compilação da opinião de outros autores.

Sobre sua ressalva, o que me atraiu na sua apresentação foi, exatamente, o fato de você minimizar a questão do número de linhas de códigos e enfatizar em outras características que tornam um desenvolvedor efetivamente produtivo. Serve como um baita de um material para quem está procurando se desenvolver e em quem se inspirar para ser um profissional diferenciado.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

2 Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.