BT

Business Craftsmanship: uma abordagem para a transformação do conhecimento no trabalho

por Ben Linders , traduzido por Marcelo Costa em 23 Nov 2012 |

Em meados do mês de setembro de 2012, Tobias Mayer, um explorador inquieto e criativo dos métodos ágeis, definiu o "Business Craftsmanship" como uma abordagem de desenvolvimento e transformação organizacional que tem o objetivo de ensinar e aplicar ideias do desenvolvimento de software ágil em qualquer área do conhecimento profissional:

Adotei os princípios e valores fundamentais inerentes à forma ágil de trabalhar e os combinei com a minha própria experiência de vida e carreira para construir uma abordagem de transformação centrada nas pessoas. Com isso, tenho guiado empresas a um novo modelo organizacional e a uma nova forma de pensar.

A abordagem "Business Craftsmanship" engloba os propósitos fundamentais do Scrum:

Ela [a abordagem Business Craftsmanship] dá condições para uma empresa compreender o motivo pelo qual essa abordagem pode ser útil, antes de lidar, de fato, com o quê fazer ou como fazê-lo (o foco usual de uma adoção Ágil). Inicia-se com um senso de propósito muito claro, tanto do ponto de vista empresarial como para cada indivíduo na empresa, criando um ambiente e uma força de trabalho engajada capaz de descobrir o "o quê" e o "como" por si mesmos.

A publicação "Valores Essenciais", também de Mayer, traz um olhar crítico aos valores do Scrum:

Os cinco valores mencionados pelos autores do guia original de Scrum são: Foco; Coragem; Abertura; Compromisso e Respeito. Deixando a Coragem de lado, que concordo ser um valor fundamental, os demais valores parecem não considerar algo básico e de muito valor: definir o jeito de ser, independentemente de qualquer ação.

Mayer continua descrevendo, então, o que acredita ser os valores fundamentais para que uma comunidade saudável possa se destacar:

  1. Coragem - busque seu extremo; fale de dentro de seu coração;
  2. Confiança - lidere com base em confiança, não suspeitas;
  3. Congruência - aja com integridade, para que suas ações e seus sentimentos estejam sempre em sintonia;
  4. Humildade - reconheça suas singularidades (aquilo no qual você é bom), valorize seus pontos fortes, mas se esforce para ser apenas um colaborador entre outros colaboradores;
  5. Serviço - esteja alerta às necessidades dos outros; solicite e ofereça ajuda em igual proporção; o serviço está tanto em receber como em doar.

O Manifesto Ágil declara que: "Nós valorizamos indivíduos e interações entre eles mais que processos e ferramentas". A publicação "Em Louvor aos Processos" no blog de Tobias Mayer, explica como o Scrum pode ajudá-lo no equilíbrio entre pessoas e processos:

Scrum é um framework de valores, princípios e práticas, o qual permite que um processo surja por si só, adequando-se ao contexto das pessoas, produtos, interações e com o ritmos da empresa.

Já temos processos e estes não irão embora. O que precisamos é de melhores processos e iguala-los em valor a pessoas e interações (um depende do outro).

O blog Business Craftsmanship mostra o trabalho que Mayer tem feito ao longo dos últimos sete anos sob o nome de Pensamento Ágil (Agile Thinking) e Anarquia Ágil (Agile Anarchy). Mayer também foi entrevistado anteriormente pelo InfoQ, quando então compartilhou suas opiniões sobre a Scrum Alliance e outros temas envolvendo Scrum.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.