BT

Google anuncia GWT 2.5: suporte a HTML5 e mais usabilidade

por Eder Magalhães em 08 Nov 2012 |

Foi anunciado o GWT 2.5 Final, a nova versão estável do kit de ferramentas para desenvolvimento web do Google. Nessa versão, o GWT disponibiliza novas funcionalidades, melhorias na usabilidade, redução no volume de código e do tamanho da aplicação no download inicial. A equipe do GWT também demonstra o interesse em tornar o kit uma solução para o desenvolvimento de aplicações web móveis.

O Google Web Toolkit (GWT) é um kit de ferramentas open source para o desenvolvimento de aplicações ricas para a web. É composto por um SDK (kit de desenvolvimento), incluindo um compilador de Java para JavaScript e bibliotecas de componentes de interface gráfica, além de integração com o lado servidor.

Como complemento ao SDK, há o GWT Designer, um IDE para desenvolvimento com GWT; e o Speed Tracer, uma extensão para o Chrome para análise de desempenho. Desenvolvedores que trabalham com o Eclipse IDE também contam com um plugin do Google para desenvolvimento GWT, com a capacidade de integrar a aplicação à plataforma de cloud do Google, o AppEngine.

Os destaques do GWT 2.5 são:

  • Super Dev Mode. O objetivo dessa funcionalidade é reduzir o atraso entre a compilação e a renderização no navegador. Ao se modificar o código, o GWT se encarrega de apresentar a mudança no navegador o mais rápido possível. Também permite que desenvolvedores façam depuração de código de forma interativa. O Super Dev Mode está em fase experimental, mas promete ser mais eficiente que seu antecessor, o Classic Dev Mode.
  • A Elemental é uma nova biblioteca do GWT projetada para suportar características do HTML5. Ainda em fase experimental, sua proposta é ser rápida e leve, e permitir que aplicações desenvolvidas com o GWT sejam acessadas de forma eficiente em dispositivos móveis.
  • Integração com Closure Compiler. Com objetivo de otimizar o conteúdo JavaScript gerado pelo compilador GWT, os engenheiros do Google implementaram a integração do kit com o Closure Compiler. Dessa forma, aplicações GWT contam com mais uma opção de compilador.
  • Melhorias no Code Splitter. O GWT define o Code Splitting, um recurso que permite fragmentar o código JavaScript e baixá-lo sob demanda, reduzindo o conteúdo do download inicial do aplicativo. A partir dessa versão, o Code Splitting consegue detectar e agregar fragmentos de código similares, tornando ainda menor o volume de código transmitido.
  • Biblioteca ARIA. Uma nova biblioteca cobre os padrões ARIA (Accessible Rich Internet Applications) para acessibilidade, estipulados pelo W3C. Essa biblioteca simplifica a configuração de regras, estados e propriedades ARIA para elementos DOM.
  • Melhorias em componentes e eventos. O GWT 2.5 adiciona extensões para o componente UIBinder, para suportar eventos de acordo com a renderização de Cell Widgets (componentes que representam dados com alta performance). Também foram introduzidos os tipos IsRenderable e RenderablePanel, que podem ser utilizados no lugar do HTMLPanel, para melhorar o tempo de processamento e reduzir a latência da interface com usuário.
  • Segurança. No GWT 2.5 foi implementada uma correção completa para uma vulnerabilidade de segurança descoberta na versão 2.4. Aplicativos desenvolvidos na versão 2.4 devem ser recompilados com o SDK da versão 2.5, para corrigir o problema.
  • Melhorias em validação. O GWT passa a suportar o padrão Bean Validation (JSR 303) que determina um conjunto de anotações para validação de dados.

Na página de download do GWT estão disponíveis a SDK e as ferramentas complementares do kit. O guia do desenvolvedor inclui tutoriais e documentação abrangente sobre os componentes e bibliotecas do GWT. Desenvolvedores podem também acompanhar as novidades e a evolução do projeto através do blog do GWT.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.