BT

Desenvolvedores Android são encorajados a migrar do Eclipse para o Android Studio 1.0

| por Abel Avram Seguir 10 Seguidores , traduzido por Diogo Carleto Seguir 40 Seguidores em 30 dez 2014. Tempo estimado de leitura: 2 minutos |

O Google promoveu o Android Studio para a versão 1.0 e está recomendando que os desenvolvedores deixem o Eclipse.

O Android Studio foi anunciado inicialmente na Google I/O 2013 e tem estado em desenvolvimento desde então com quase uma dúzia de lançamentos intermediários. O Google não só o tornou estável, como também o está chamado de "IDE oficial", de acordo com Jamal Eason, gerente de produtos para Android, mostrando a importância para a equipe do Android que está se distanciamento da ferramenta baseada no Eclipse. O Google recomenda fortemente que os desenvolvedores usem o Android Studio e que migrem seus projetos a fim de se beneficiar das "últimas atualizações da IDE". Esse FAQ da JetBrains explica mais detalhadamente as questões relacionadas à migração do Eclipse para uma IDE baseada no IntelliJ.

O Android Studio é baseado no IntelliJ Community Edition e a versão 1.0 foi recentemente anunciada com estas funcionalidades principais:

  • Um instalador que configura o Android SDK correto e um ambiente de desenvolvimento com um emulador otimizado e um conjunto de templates;
  • Todas as ferramentas de edição de código conforme previsto pelo IntelliJ IDEA;
  • Dynamic Layout Preview, permite que os usuários vejam e editem via arrastar e soltar (drag / drop) como seu aplicativo móvel aparece em vários dispositivos e em todas as versões da API;
  • Monitor de performance de memória;
  • Sistema de construção com base no Gradle que está integrado com o Studio, mas que não é afetado pelas atualizações do Studio;
  • O sistema de construção pode gerar várias apks para o aplicativo como: depuração ou lançamento e gratuito ou pago;
  • Integração com Google Cloud Platform;
  • Ferramentas para lidar com desempenho, usabilidade, compatibilidade de versões e outras questões;
  • ProGuard e capacidades de assinar os aplicativos.

O Android Studio tomou o caminho do Chrome com 4 canais de desenvolvimento - Stable, Beta, Dev, e Canary - os desenvolvedores tem a opção de ver as novas funcionalidades em detalhes antes delas se tornarem disponíveis para todos. Existem downloads para o Windows 8/7/Vista/2003 32 ou 64-bit, Mac OS X 10.8.5-10.9, e Linux. Este guia introduz os desenvolvedores ao Android Studio, incluindo instruções de instalação, principais funcionalidades, como usar, dicas e truques, entre outros.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT