BT

Os service workers prometem tornar aplicativos web cada vez mais nativos.

| por David Iffland Seguir 4 Seguidores , traduzido por Paulo Silva Seguir 0 Seguidores em 19 jan 2015. Tempo estimado de leitura: 1 minuto |

Desenvolvedores que necessitem de funcionalidades de aplicações nativas em suas aplicações web terão o service worker como uma nova opção. A tecnologia pode ser resumida em um script que fornece funcionalidades adicionais sem precisar de uma página web ou uma interação com o usuário, pois sua execução acontece em background.

Atualmente a melhor utilização do service worker é a de permitir que uma aplicação web possa ser executada em modo offline. Desenvolvedores podem registrar um service worker para interceptar todas as requisições feitas ao servidor para criar um cache local, por exemplo, e entregar o conteúdo armazenado localmente quando uma conexão de rede não estiver disponível. No Chrome Dev Summit de 2014, Alex Russel Demoed apresentou um aplicativo web móvel funcionando plenamente mesmo estando offline.

A capacidade de trabalhar offline de um service worker é programável, tornando-se uma grande mudança sobre a funcionalidade de cache presente no HTML5. Russel sugere algo como "Construa um proxy no navegador e decida o que quer fazer". Por ser executado em background e não depender de uma página web, sincronizações em background e notificações push existirão no futuro, mas ainda, não estão disponíveis.

Em sua introdução ao service worker, o desenvolvedor do Google Matt Gaut fornece um guia de como escrever service worker básicos além de fazer algumas advertências sobre a tecnologia.

Google, Mozilla e Opera estão em estágios diferentes na implementação dessa funcionalidade. Ao que tudo indica, a Microsoft fornecerá suporte ao service worker por ser um dos recursos mais solicitados para o IE. A Apple ainda não mostrou nenhum sinal que suportará a tecnologia.

Os services workers estarão habilitados automaticamente a partir da versão 40 do Chrome, porém os desenvolvedores podem conferir agora no canal do Chrome Beta. Jake Archibald mantém a lista de recursos com informações e especificações disponíveis no GitHub.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT