BT

Apache HBase chega à versão 1.0

| por Benjamin Darfler Seguir 0 Seguidores , traduzido por Luiz Santana Seguir 0 Seguidores em 19 ago 2015. Tempo estimado de leitura: 1 minuto |

Depois de três previews, seis versões candidatas e mais de 1500 tickets fechados, a fundação Apache anunciou a versão 1.0 do HBase, um dos principais banco de dados NoSQL do ecossistema Hadoop. Depois de mais de 7 anos de ativo desenvolvimento, a equipe por trás HBase sentiu que o projeto tinha amadurecido e se estabilizado o suficiente para justificar uma versão 1.0.

A versão 1.0 teve foco em três grandes temas: solidez de código, estabilidade na interação com os clientes e melhorias em versionamento e compatibilidade. A primeira tem como objetivo estabelecer uma base estável para futuras versões. Para tal, a versão 1.0 introduziu novas APIs e omitiu (deprecated) algumas das APIs de clientes. Este trabalho permitirá que o projeto HBase garanta a compatibilidade da API para todas as classes públicas durante a linha 1.x.

O segundo foco do lançamento foi a estabilização do cluster HBase e de seus clientes. Este trabalho tomou forma ao longo das seguintes iniciativas: alta disponibilidade para leitura, que permite ler apenas réplicas de uma região específica, o que tornam possível fornecer baixa latência consistente e leitura mesmo em face a falhas de até 10 segundos; e o uso do trabalho que o Facebook tem feito para permitir mudanças on-line para um subconjunto da configuração do servidor.

O terceiro e último foco da versão 1.0 foi tornar o versionamento e compatibilidade explícitos. Para estes fins, o HBase adotou o versionamento semântico, que aumentará a garantia de compatibilidade.

O HBase, começou em 2007 como um subprojeto do Hadoop e, em 2010, graduou-se como um projeto de nível superior da Apache (também conhecido como top-level). O conceito do HBase foi originalmente derivado do artigo sobre o Bigtable da Google e agora está subjacente a uma série de outros projetos de código aberto, como OpenTSDB, um banco de dados de séries temporais, e o Apache Phoenix, uma camada SQL no topo do HBase.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT