BT

Disseminando conhecimento e inovação em desenvolvimento de software corporativo.

Contribuir

Tópicos

Escolha a região

Início Notícias F# para todas plataformas

F# para todas plataformas

This item in japanese

Favoritos

Em paralelo com a chegada do Visual Studio 2015, a Microsoft lança a quarta versão da linguagem funcional F#. As mudanças incluem uma lista enorme de novas funcionalidades, correções de bugs e complementos da linguagem, com algumas melhorias de desempenho. Além da evolução da linguagem, também foram feitos ajustes no VS2015 que visam facilitar o desenvolvimento com F# melhorando a depuração e edição de código.

A Microsoft faz questão de ressaltar que a comunidade esteve envolvida fortemente no desenvolvimento dessa quarta versão. Conforme informado anteriormente, um quarto desses contribuintes são afiliados da Microsoft e o restante de fora. Como observado pela equipe F#, existe um pequeno bug no VS 2015 em que F# 4.0 RTM é incorretamente classificado como Visual F# 2015 RC, ou seja, se o VS2015 for instalado com o F#, estará recebendo F# 4.0 RTM. As notas de lançamento tem os detalhes completos sobre essa quarta versão, que correspondem às alterações feitas através do commit dd8252e.

Os desenvolvedores que já utilizam F#, podem assistir um vídeo Microsoft em que Lincoln Atkinson apresenta uma visão geral dos novos recursos do novo F# 4.0. Os novos desenvolvedores podem começar a conhecer a linguagem através da F# Software Foundation ou TryF#.

Para os desenvolvedores que desejam se aprofundar com F# 4.0, podem escolher vários caminhos. Para desenvolvedores Windows, instalar o VS2015 RTM é o caminho mais rápido. Os desenvolvedores Windows que quiserem contribuir com o desenvolvimento do F# ou utilizar ferramentas ao invés do VS2015, podem utilizar o repositório Visual F#. Desenvolvedores interessados em plataformas não Windows, devem direcionar a atenção para a edição gratuita F# em seu repositório no GitHub. As alterações e adições de código fluem do repositório Visual F# para o repositório do Open Edition, mas tomou-se cuidado para que os dois projetos não tenham divergências.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT