BT

QCon Rio 2015 em Resumo

| por InfoQ Brasil Seguir 4 Seguidores em 24 set 2015. Tempo estimado de leitura: 5 minutos |

Entre os dias 24 e 28 de agosto, o Rio de Janeiro recebeu a oitava edição brasileira do QCon. Organizado pelo InfoQ Brasil e com palestras selecionadas por um comitê independente, esta edição contou com 3 keynotes, 82 palestras e 13 workshops, totalizando 120 horas de conteúdo, levando o QCon Rio ao patamar técnico dos maiores QCons mundiais.

Com 12 tracks editoriais, 5 dias de duração e participação de 16 palestrantes internacionais, o QCon Rio 2015 reuniu mais de 500 desenvolvedores, arquitetos e líderes técnicos. Neste artigo apresentamos um resumo do que aconteceu.

Keynotes

O keynote de abertura foi apresentado por Bob McWhirter, diretor de Research / Prototyping na Red Hat. Em "Here, There / Everywhere: Distributed Teams, Tools and Culture", Bob compartilhou sua experiência na construção de times distribuídos, os desafios encontrados, técnicas e práticas que canalizam o potencial de uma equipe de desenvolvimento distribuída.

11947502_884706198290806_889498642228025054_n.jpg

Um dos grandes argumentos contra times distribuídos, McWhirter destacou, é a falta de confiança no time; o preconceito de que a equipe não trabalhará a menos que o gerente esteja "de olho". Mas, de acordo com Bob, se você não confia na sua equipe, por que a contratou?

Outro ponto levantado foi a diferença entre trabalho remoto e times distribuídos. No trabalho remoto, alguém do time está temporariamente trabalhando fora do escritório, mas em um verdadeiro time distribuído todos as pessoas e recursos necessários para o trabalho estão distribuídos.

Be certain you're truly distributed, not just a few remote workers.

No segundo dia, Vinicius Gracia, CTO Global do EasyTaxi, contou como foi criada e escalada a maior plataforma de táxi mundial, criada no Brasil e hoje presente em centenas de cidades e mais de 30 países.

A primeira parte do keynote resumiu a trajetória da empresa, desde o primeiro MVP até a expansão global. Vinícius destacou que uma boa execução vale mais do que muitas ideias, e citou uma frase que o inspirou em toda a sua vida profissional, por Jorge Paulo Lemman:

Sonhar grande e sonhar pequeno dá o mesmo trabalho

A segunda parte do keynote foi um panorama técnico de todos os desafios encontrados na escalada do EasyTaxi. Passando por quatro grandes mudanças arquiteturais, o EasyTaxi possui hoje estrutura distribuída baseada em microservices, que atende 300 mil requisições por minuto em apenas uma das APIs - com tempo de resposta de menos de 10 ms.

O keynote do terceiro dia foi apresentado por Felipe Hoffa, do Google.

Com o título "Telling Big Data Stories in Seconds", começou discutindo três pilares que nos levaram à revolução do Big Data: baixo custo, acessibilidade e velocidade.

Hoffa indicou que Big Data pode ser fácil, rápido e até independente do tamanho da sua massa de dados. Apresentou exemplos através do Google Big Query, incluindo: contar de maneira quase instantânea quantos pageviews o Wikipedia teve em um mês; analisar de milhões de corridas de táxi em Nova York e anos de notícias na web; além de detalhes sobre gigabytes de comentários do Reddit.

Os exemplos mostraram como o uso de ferramentas de Big Data e análises complexas em datasets imensos já estão ao alcance do desenvolvedor.

Palestras

O QCon Rio reuniu mais de 90 palestrantes tratando de temas que iam de Big Data e Cloud a Front-end e IoT.

11050838_892055494222543_303335761814230143_o.jpg

Estas foram as 20 palestras mais bem avaliadas e com público amplo (clique nos nomes para ver os abstracts):

  • "Progressive Web Apps: o melhor da web, Appficada" - Sérgio Lopes;
  • "10 Ways of Getting Started with F#" - Tomas Petricek;
  • "Continuous Delivery na SoundCloud: Entregando software para milhões de pessoas a cada commit sem que a música pare" - Vitor Pellegrino;
  • "Machine Learning em Java com Apache Mahout" - Everton Gago;
  • "Criando pipelines de entrega contínua multilinguagem com Docker e Jenkins"- Camilo Ribeiro;
  • "Deploy contínuo de software legado: loucura ou genialidade?" - Alexandre Freire;
  • "Deep Learning: Aprendizado de Máquina de última geração" - Juliano Viana;
  • "Sustentando 10 milhões de acessos com inovação, colaboração e qualidade" - Rodrigo Veiga;
  • "A Arquitetura do Stack Overflow e Stack Exchange" - Roberta Arcoverde;
  • "Mob Programming: a whole team approach!" - Woody Zuill;
  • "Desenvolvendo produtos e projetos de forma enxuta e eficiente" - Paulo Caroli;
  • "Grid Layout e Flexbox: esqueça o float e seja feliz" - Diego Eis;
  • "Data science the functional way" - Evelina Gabasova;
  • "Cuidando de mais de 1 milhão de usuários por rodada no CartolaFC" - Alexandre Saboia Fuziyama;
  • "The cloud native application" - Josh Long;
  • "Minha Vida: 20 milhões de usuários mensais na web mobile" - Alexandre Tarifa;
  • "As regras não foram e nunca serão escritas: implantando uma cultura de liberdade" - Filipe Névola;
  • "Lucene escala? Full-text para Big Data com hardware modesto" - Juan Lopes;
  • "Recomendação de ponta a ponta na Globo.com" - Tiago Albineli Motta;
  • "Usando Bootstrap para criar uma UX unificada para múltiplos projetos" - Andres Galante;

Os slides de boa parte das palestras podem ser encontrados na página de programação do evento. Os vídeos dos keynotes e de um subconjunto das talks serão gradativamente publicados aqui no InfoQ Brasil.

Workshops

O QCon vai além dos keynotes e palestras; os dois primeiros dias foram reservados aos workshops, cobrindo Apache Spark, Microservices e Spring Boot, criação de MVPs, Web APIs, Containers, Mob Programming, Microservices em Java EE, Machine Learning com F#, MEAN Stack, Data Lakes com Hadoop, e o Actor Model.

11947627_883574425070650_6925114937880042868_n.jpg

Abaixo estão os 7 workshops de maior sucesso segundo um critério combinado de avaliação e público:

  1. "MEAN Stack: MongoDB, Angular e Express integrados" - Flávio Almeida;
  2. "Sensores conectados: praticando a Internet das Coisas com hardware, software e web" - Jorge Maia;
  3. "API Design Workshop" - Mike Amundsen;
  4. "Building Microservices with Spring Boot, Spring Cloud, and CloudFoundry" - Josh Long;
  5. "Machine Learning with Functional Programming and F# " - Evelina Gabasova e Tomas Petricek;
  6. "Direto ao Ponto: Criando e Evoluindo o MVP" - Paulo Caroli;
  7. "Writing Java EE microservices using WildFly Swarm" - Bob McWhirter;

Feedback

Com percentual geral de aprovação das palestras superior a 80%, o evento recebeu uma série de comentários no Twitter:

xSWWfqR.png

Se você participou do evento, deixe seu feedback nos comentários! E fica o convite, em nome do InfoQ Brasil, para o próximo QCon brasileiro, que será realizado em São Paulo de 28 de março a 1 de abril de 2016. As inscrições para o QCon SP 2016 estão abertas.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT