BT

Parse vai desativar seu serviço

| por Sergio De Simone Seguir 12 Seguidores , traduzido por Tulius Lima Seguir 0 Seguidores em 02 fev 2016. Tempo estimado de leitura: 2 minutos |

O co-fundador do Parse, Kevin Lacker, anunciou que a plataforma de DBaaS, adquirida pelo Facebook, irá diminuir suas operações até ser totalmente desativada ao final de janeiro de 2017. Esse anúncio gerou muitas reclamações de desenvolvedores. O Facebook, contudo, está tentando facilitar a transição disponibilizando várias alternativas.

Nenhuma explicação foi dada sobre a decisão de fechar o Parse, embora Mike Isaac e Quentin Hardy tenham sugerido no New York Times que a decisão pode se resumir a dois fatores. Por um lado, hoje o modelo de negócios do Facebook está muito mais claramente definido do que em 2013 quando o Parse foi adquirido, quando o Facebook supostamente procurava "ansiosamente por outras linhas de negócio com esperança de ganhos futuros"; por outro lado, a dificuldade de competir com serviços em nuvem ofertados por empresas como Amazon, Microsoft e Google, e o investimento financeiro e de engenharia que seria necessário. Michael Kirkland, porta-voz do Facebook, parcialmente confirmou essa análise ao explicar que o Facebook "quer dedicar mais recursos em produtos de alto impacto e serviços em área como analytics, monetização, descoberta e autenticação".

Parse, um serviço que, segundo Isaac e Hardy, ainda tem cerca de 15 milhões de cliente e viabiliza muitas aplicações móveis, incluindo algumas bem sucedidas, como Oculus, Quip e Orbitz, está fornecendo uma rota para que os desenvolvedores movam seus dados da plataforma para outros serviços. Como Lacker explicou, isso inclui.

Como já mencionado, desenvolvedores terão até o final de janeiro de 2017 para completar a migração. Ainda assim, a equipe do Parse sugeriu um calendário com duas etapas:

  • migrar os dados para um novo servidor MongoDB auto-hospedado até dia 28 de abril de 2016;
  • finalizar as configurações e disponibilizar uma nova versão do aplicativo usando o novo Servidor Parse até 28 de julho de 2016.

Auto-hospedar um MongoDB em um Servidor Parse é, sem dúvida, a maneira mais fácil para migração de pequenos aplicativos que não precisam de uma infraestrutura grande e não dependem de notificações push e de analytics, que não estão cobertos pelo plano de migração do Parse. Como alternativa, desenvolvedores podem modificar seus aplicativos para usa qualquer um dos competidores do Parse, como apigee, Firebase, Orchestrate.io, Azure, AWS e vários outros.

É possível espiar as reações dos desenvolvedores ao anuncio do Parse visitando uma série de discussões no Reddit e Hacker News. Além disso, Federico Viticci do Mac Stories compilou uma lista de algumas reações que pode ser encontrada no Twitter.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT