BT

Jenkins 2.0 beta com novo sistema de construção e entrega

| por David Iffland Seguir 4 Seguidores , traduzido por Diogo Carleto Seguir 31 Seguidores em 27 abr 2016. Tempo estimado de leitura: 1 minuto |

O beta do Jenkins 2.0 está disponível. Foi adicionado uma nova maneira de definir os fluxos de trabalho e aprimorado a usabilidade do sistema.

No entanto, os plugins de pipeline do Jenkins não são novos, a versão 2.0 incluirá uma nova funcionalidade (naturalmente chamada Pipeline) para permitir que os usuários definam o próprio processo de build com a ajuda de uma nova DSL. Essa DSL foi escrita em Groovy e permite que as definições do build sejam tratadas mais como código. Agora, ao invés de salvar as definições do build para um uso futuro, é possível guardar essas definições no próprio repositório de código.

Antes desta nova versão, outros plugins surgiram para resolver o mesmo problema, mas Kohsuke Kawaguchi, criador de Jenkins, explicou ao InfoQ que o Pipeline é mais do que apenas um plugin:

O Pipeline consiste de uma série de plugins reunidos para implementar um subsistema significante no Jenkins. E uma parte da história do 2.0 é queremos nos livrar da mentalidade de "começar a partir do core e instalar plugins". Ao invés disso, ao usar o Jenkins 2.0, devemos obter um conjunto de funcionalidades que cobrirá 80% dos casos de uso, e algumas delas virão do core e outros de plugins.

Incluindo a funcionalidade pipeline como uma funcionalidade principal vem de encontro com o que as outras empresas estão fazendo.

Por outro lado, Jacques Chester, engenheiro de software na cidade de Nova Iorque, acredita que os desenvolvedores que estão buscando o Jenkins pelo suporte ao pipeline também deveriam avaliar o Concourse. Em uma entrevista ao InfoQ, Jacques Chester diz que o sistema de plugins em Pipeline do Jenkins é apenas um remendo para uma falha inerente. Isso irá "recriar através de uma extensão uma parte que o Concourse já foi projetado para fazer. A configuração do Concourse é baseada em arquivos externos, ambientes de construção descartáveis e a delegação de planejamento de jobs".

Além disso, a versão 2.0 tem um novo "Primeiros Passos", sugerindo aos usuários quais plugins deverão ser instalados.

A equipe do Jenkins espera ter um Release Candidate no início de abril, com a versão final algumas semanas após esse release.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT